GNR apreendeu material de jogo e artigos sexuais

 

 

O Comando Territorial de Aveiro, através do Destacamento Territorial de Águeda, no dia 2 de março, realizou uma operação de fiscalização a estabelecimentos comerciais, onde apreendeu diversos artigos de jogo ilegal e de cariz sexual, na cidade de Águeda.

No decorrer de um conjunto de acções de fiscalização, os militares detectaram no interior de um café a existência de uma sala onde se realizavam, ilegalmente, jogos de fortuna e azar, nomeadamente o jogo de “POKER”, podendo ainda os clientes adquirir kits desse jogo.

Neste mesmo estabelecimento, os proprietários procediam ainda à venda ilegal de artigos de cariz sexual, sendo isto apenas permitido em lojas da especialidade, designadas por “Sex Shop”. A venda ilegal destes produtos corresponde a uma coima no valor máximo de 3 mil euros, para pessoas singulares, e até 48 mil euros, para pessoa coletivas.

Nesta acção resultou a apreensão do seguinte:

80 caixas com material e utensílios utilizado para o jogo “POKER”;

140 produtos de cariz sexual.

Os proprietários do estabelecimento foram identificados e levantados os respectivos autos de notícia, um por crime, devido à prática e exploração de jogo de fortuna e azar, e outro por contra-ordenação, em virtude de terem à venda artigos de cariz sexual.

Nesta acção estiveram ainda empenhados militares do Núcleo de Investigação Criminal de Águeda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.