GNR: Mais de dois mil detidos em Janeiro

 

 

 

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua actividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, durante o mês de Janeiro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1. Detenções: 2 016 detidos em flagrante delito, destacando-se:

· 887 por condução sob o efeito do álcool;

· 385 por condução sem habilitação legal;

· 143 por tráfico de estupefacientes;

· 61 por furto;

· 51 por posse de arma proibida/posse ilegal de arma;

· Cinco por violência doméstica;

· Cinco por permanência ilegal em território nacional;

· Dois por roubo;

· Um por homicídio;

· Um por ofensas à integridade física.

2. Apreensões:

· 62 veículos;

· 59 armas de fogo;

· 82 armas brancas;

· 13 581 doses de haxixe;

· 3 622 doses de heroína;

· 511 doses de cocaína;

· 596 doses de liamba;

· 430 doses de MDMA;

· 327 sementes de cannabis;

· 180 gramas de folhas de cannabis;

· 33 doses de óleo de cannabis;

· 26 pastilhas LSD;

· 3 172 munições de diversos calibres;

· Um quilo de fulminante;

· Dois metros de cordão detonante;

· 956 quilos de folhas de tabaco;

· 200 unidades de cigarros avulso;

· 291 artigos contrafeitos;

· 36 animais exóticos;

· 6 257 quilos de pescado;

· 4 529 quilos de bivalves;

· 2 000 dólares americanos;

· 52 300 mil euros em numerário;

· 22 redes usadas na apanha do Meixão, com um total de 2860 m2;

· 35 malas de viagem, usadas para o tráfico internacional de Meixão;

· Dez bombas de água;

· Nove balanças usadas para pesagem de Meixão;

· Três embarcações;

· Um dente marfim.

3. Trânsito:

Fiscalização: 46 327 infracções detectadas, destacando-se:

· 11 953 excessos de velocidade;

· 2 586 por falta de inspecção periódica obrigatória;

· 2 249 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

· 2 011 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

· 1 884 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

· 1 743 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

· 1 561 relacionadas com tacógrafos;

· 1 049 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.