GNR Setúbal deteve homem responsável por vaga de assaltos a residências

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Montijo, ontem, dia 26 de maio, deteve um homem, de 53 anos, na localidade do Feijó – Almada, por posse de armas proibidas e suspeita da prática de dezenas de furtos em interior de residências, perpetrados nos concelhos da Moita, Palmela, Almada, Sesimbra, Seixal, Setúbal, Grândola e Alcácer do Sal.

No decurso de uma investigação que durou cerca de oito meses, levada a cabo pelo NIC do Montijo, a GNR apurou que o suspeito atuava de forma isolada, com grande mobilidade, em que, através do arrombamento, normalmente de uma janela, se introduzia nas residências alvo de furto, inclusivamente e frequentemente com os seus proprietários no seu interior, a fim de subtrair dinheiro e objetos de valor.
A investigação culminou com a realização de duas buscas, uma domiciliária e uma em veículo, tendo sido apreendido o seguinte material:

– Um veículo automóvel;

– Quatro pistolas de alarme;

– Várias munições de salva;

– Três máquinas fotográficas digitais;

– Dois computadores portáteis;

– Um par de algemas;

– Um bastão extensível;

– Uma faca borboleta;

– Um aerossol de gás pimenta;

– Uma objetiva fotográfica;

– Uma consola de jogos;

– 720 euros em numerário;

– 25 libras esterlinas;

– Diversos objetos destinados à realização dos furtos (gazuas, luvas, passa-montanhas, lanternas);

– Diversos documentos referentes a transações de metais preciosos.

Estima-se que o valor do material recuperado possa ascender aos três mil euros.

Para além do detido, foi ainda constituída arguida a sua companheira, de 47 anos, por coautoria na prática dos referidos ilícitos.
O detido, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, encontra-se detido nas instalações da GNR e será presente no dia de hoje, dia 27 de maio, ao Tribunal Judicial do Barreiro.
As duas buscas efetuadas contaram ainda com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.