Graça Fonseca congratula Lídia Jorge pelo Prémio de Literatura em Línguas Românicas 2020

A Ministra da Cultura, Garça Fonseca, congratula a escritora Lídia Jorge pelo Prémio de Literatura em Línguas Românicas 2020 atribuído pela Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

Este prémio, que assinala a originalidade e a subtiliza do estilo literário de Lídia Jorge, junta-se aos demais prémios nacionais e internacionais já recebidos pela escritora, nomeadamente o Prémio Luso-Espanhol de Cultura, em 2014, o Prémio Jean Monet de Literatura Europeia, em 2000, ou, ainda, o Prémio Internacional de Literatura da Fundação Günter Grass, em 2006, bem como os prémios literários portugueses mais importantes, como o Prémio D. Dinis ou o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLAB. Esta distinção demonstra também o destaque que a literatura em língua portuguesa tem alcançado no panorama internacional, reconhecendo a originalidade e a mestria no estilo dos nossos autores.

Lídia Jorge foi a segunda portuguesa a ser distinguida com este prémio, na sequência de António Lobo Antunes, no ano de 2008, o principal prémio da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, onde Portugal participou como País Convidado de Honra, em 2018, tendo igualmente marcado presença na edição de 2019.

 

Com uma obra vasta e que os géneros literários nunca conseguiram capturar por completo, a escrita de Lídia Jorge destaca-se pela qualidade, pela abrangência e pelo diálogo permanente com a experiência histórica e literária portuguesas.

“A escrita é redentora. A escrita faz com que o autor, independentemente do reconhecimento, tenha uma história de vida magnífica”, história esta que vem consolidada com este Prémio“.

Fonte: MC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.