Herdade das Servas apresenta as vindimas e outras propostas de enoturismo

00616_13_20140716 - © Jeronimo Heitor Coelho

 

 

Bem perto de Estremoz, é tempo de vindimas na Herdade das Servas. A aposta de enoturismo dos irmãos Serrano Mira é baseada numa oferta variada que pode ser desfrutada durante todo o ano, exceptuando na altura das vindimas.

 

 

 

Até o lavar dos cestos, é vindima. O provérbio popular dá o mote à época das vindimas na Herdade das Servas. A Herdade tem duas opções, que incluem, ou não, refeição no Restaurante Herdade das Servas e que podem ser experimentados de segunda a sexta-feira. O primeiro programa, o que conta com refeição no restaurante, tem um custo de 60€ enquanto o segundo custa 30€.

 

 

 

Quem quiser participar na oferta de enoturismo da Herdade das Servas, poderá ir até à zona de vinificação e à cave de estágio das barricas, onde o vinho repousa em silêncio, ao que se segue a prova de vinhos, enquanto é partilhado a experiência e a tradição na criação de vinhos.

 

 

 

Para a pisa manual, basta apenas seleccionar as uvas, vestir-se a rigor e entrar nos lagares de mármore de Estremoz para pisar as uvas em família e com os amigos. Terminada a tarefa, os participantes recebem uma t-shirt de vindima, o diploma de participação e uma garrafa de vinho.

 

 

 

Já quem quiser almoçar no Restaurante Herdade das Servas, poderá provar as melhores iguarias alentejanas. Estão serão confeccionadas pela chefe Fé Baía e servidas com uma selecção de vinhos da casa. Este restaurante pode ser visitado das 12:30 às 00:00.

 

 

 

Fora da altura das vindimas, poderá visitar a Herdade das Servas e provar os vinhos aqui produzidos. Estas actividades decorrem das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.

 

 

 

Para quem quiser ficar pelo saber-fazer da família Serrano Mira, vai poder participar na “Prova de Vinhos à Escolha”, onde a oferta inclui vinhos das diferentes marcas: Herdade das Servas, Monte das Servas e Valle das Servas e os preços variam entre um e três euros o copo. Aos que apreciam beber um vinho em boa companhia, o melhor é optar pela “Prova de Vinhos com Tapas”, que podem ser de queijo (€8,50), de chouriço de porco preto (10€) ou de presunto (15€). Os preços do vinho a copo variam entre 1,50€ e os 5€.

 

 

 

Para aqueles que preferem vinhos especiais, vai poder escolher entre a “Prova Cega” (9,80€) ou a “Prova de Excelência” (55€). A primeira é composta por três vinhos: um de gama de entrada, um de gama média e um de gama alta, em que o rótulo das garrafas são ocultados, para que o visitante descubra as principais diferenças entre os três vinhos e qual é qual. No final, é entregue um diploma de mérito aos participantes (mínimo de cinco pessoas). O segundo desafio contempla vinhos topo de gama e inclui a presença do produtor/enólogo, a quem cabe a explicação dos vinhos e a partilha de histórias da vinha e do vinho (grupo de quatro a seis pessoas).

 

 

 

Ambas as provas são realizadas com marcação.

 

 

Foto: Jerónimo Heitor Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.