Homem agredia mulher e vangloriou-se disso: “É assim que se tratam as put*s das mulheres”

O Correio da Manhã noticia hoje um caso em que um homem tratava a sua mulher como empregada.

Citando o Ministério Público, o CM dá conta de que sempre que ela recusava satisfazer os seus caprichos, era espancada e humilhada.

Explica ainda que esta mulher viveu 17 anos de terror e chegou a tentar o suicídio, sendo impedida pelo filho menor. O agressor está preso e a ser julgado no Tribunal de S. João Novo, no Porto, por crimes de violência doméstica contra a mulher e o filho de ambos.

Em Outubro de 2019, já proibido de contactar com a mulher, o homem  decidiu publicar num grupo de amigos no Whatsapp uma imagem da vítima com hematomas nos olhos.

Na legenda escreveu: “É assim que se tratam as p… das mulheres.”

Notícia completa AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.