Huawei ensina língua gestual do futebol em campanha publicitária

 

 

A Huawei Portugal, no seguimento do lançamento da App Huawei StorySign, convidou um grupo de crianças surdas para, no estádio do S.L. Benfica, ensinar aos espectadores, a “língua gestual do futebol”, baseada na língua gestual portuguesa.

 

Espectadores e treinadores caracterizam-se por utilizarem muito os gestos para manifestarem as suas ideias e indicações estratégicas em jogo. Gestos como “circula”, “joga com a cabeça” ou “pressiona”, são alguns dos mais utilizados pelos treinadores de futebol e, nesta campanha, a Huawei, com o apoio da Associação Nacional de Surdos, convidou um grupo de crianças surdas para, antes de um dos jogos, ensinarem aos espectadores quais os gestos correctos que os treinadores devem utilizar, para darem as instruções mais comuns aos seus jogadores em campo.

No site linguaoficialdofutebol.pt está disponível a linguagem completa e no site da marca todas as ações desenvolvidas pela Huawei para ajudar os 32 milhões de jovens surdos que, por não conseguirem associar os sons às letras, têm maior dificuldade em aprender a leitura.

Com esta campanha queremos reforçar a intenção da marca de ajudar a comunidade de crianças surdas em Portugal e no mundo, criando soluções tecnológicas capazes de melhorar as suas vidas diariamente. Com esta ação em particular a Huawei pretende não só divulgar a importância da recente App Story Sign, bem como apelar à causa da comunidade de crianças surdas em Portugal. A nossa missão enquanto marca é estar mais perto das pessoas, disponibilizando-lhes a tecnologia necessária para melhorarem a qualidade das suas vidas”, afirma Ana Lorena, Diretora de Marketing da Huawei em Portugal.

Descubra como a Huawei, com o apoio da FPAS – Federação Portuguesa das Associações de Surdos e do Sport Lisboa e Benfica, ajudou a criar a língua oficial do futebol. https://linguaoficialdofutebol.pt/ #StorySign

Publicado por Huawei Mobile em Domingo, 30 de dezembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.