ISCTE é a primeira universidade a receber selo de desinfecção contra a Covid-19

 

A certificação foi atribuída após uma auditoria da SGS, a líder mundial em inspeções de higiene e segurança. “O Iscte está preparado e empenhado em oferecer as melhores condições para o normal exercício da sua atividade”, afirma Jorge Costa, vice-reitor do ISCTE.

O ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa tornou-se a primeira instituição de ensino superior portuguesa a receber o selo Disinfection Monitored – Cleaning Checked, que avalia as condições de higiene e segurança contra o novo coronavírus. A marca de performance foi atribuída pelo EHS – o departamento de Environment, Health and Safety da SGS, a empresa líder mundial em inspeção e certificação de normas sanitárias, como confirmação do cumprimento das orientações e regulamentações aplicáveis.

Com o arranque do novo ano letivo, pretendemos mostrar à nossa comunidade académica que o Iscte está preparado e empenhado em oferecer as melhores condições para o normal exercício da sua atividade”, afirma Jorge Costa, vice-reitor do ISCTE para os Sistemas de Informação e da Qualidade. “A obtenção deste selo permite validar que os procedimentos que implementamos como medidas preventivas ao vírus SARS-CoV-2 (Covid-19) fornecem as condições necessárias para o regresso ao nosso normal funcionamento desta instituição”.

O ISCTE introduziu caixotes de lixo sem tampa ou de pedal, com mecanismos que evitem o toque: abertura parcial a 45º com um calço no caso dos contentores de resíduos indiferenciados (localizados no exterior) e contentores de colocação de máscara (localizados no interior). A esta medida juntam-se a priorização da ventilação natural, com a abertura de janelas e portas; a limpeza constante de todos os espaços; o distanciamento social nas salas de aula e auditórios, através de lugares alternados, e a distribuição de dezenas de dispensadores de álcool-gel por toda a instituição.

Num momento em que as diversas instituições preparam o regresso dos alunos aos seus estabelecimentos de ensino é de extrema importância assegurar a higiene e a segurança dos mesmos”, afirma Rui Dinis, business manager do EHS – Environment, Health and Safety da SGS Portugal. “O ISCTE garante, assim, a retoma do seu normal funcionamento, com todas as condições de segurança necessárias para os seus alunos, parceiros e funcionários”.

O Desinfection Monitored – Cleaning Checked é uma solução que consiste na verificação dos índices de limpeza das organizações, através da recolha de amostras e análises no local, que atestam e garantem e a eficiência dos processos de limpeza e de higienização desenvolvidos pelas instituições. A segurança dos trabalhadores, a limpeza e desinfeção dos espaços e infraestruturas, assim como o funcionamento da organização e controlo dos locais de trabalho são alguns dos aspetos avaliados pelo programa de certificação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.