Joana Gonçalves prepara “uma sobremesa de chocolate, tangerina, ervilha e wasabi” para O Cholocate em Lisboa

chocolate

 

Joana Gonçalves será uma das Chef’s que  estará presente no evento “O Chocolate em Lisboa”. De 09 a 12 de Fevereiro as melhores sobremesas feitas com chocolate podem ser degustadas no Campo Pequeno. 

 

 

“O Chocolate em Lisboa” irá apresentar o que de melhor se pode confeccionar usando o chocolate como base. Para além de degustações ou a aquisição de diversas qualidades de chocolate, no Campo Pequeno, podem ser vistos em showcookings com os Chef’s de alguns dos mais conhecidos restaurantes portugueses, premiados com estrelas Michelin.

 

 

Joana Gonçalves é uma arquitecta de formação tornada pâtissière por paixão. O gosto pela cozinha, pelos doces, começou bem cedo, ainda na infância passada na solarenga ilha da Madeira. “Cresci numa família em que a comida era uma parte muito importante dos convívios passados à volta da mesa. Todos cozinhávamos e eu comecei por ajudar a minha avó nos doces e, como gulosa, nunca cheguei a passar para os salgados“, conta a Chef madeirense que recorda da sua infância o cheiro dos maracujás.

 

 

 

Depois de umas férias passadas em Paris, onde frequentou workshops de pastelaria, Joana Gonçalves decidiu abraçar o seu gosto pelos doces. Foi em França que conheceu o trabalho de Pierre Hermé, Christophe Michalak e Christophe Felder, três dos mais conhecidos chefes pasteleiros do mundo.

 

 

A Chef de pastelaria considera-se gulosa e gosta bastante de confeccionar sobremesas. Estas podem ser  vistas no blogue “In the Mood for Sweets”. Só que no momento de provar…”no que toca a saborear, prefiro comer as sobremesas feitas por terceiros e não as minhas“, diz Joana Gonçalves que já leccionou workshops onde ensinou a preparar Pavlovas ou uma das tendências do momento, as sobremesas em frascos.

 

 

Gosto de fazer bombons e tudo o que seja petitfours. Há qualquer coisa muito especial em fazer pão. Nunca sabemos como é que vai sair. Pratos favoritos, tenho vários mas o bolo preferido é o pastel de nata“, diz a Chef sobre os pratos que mais gosta de preparar, sempre tentando utilizar produtos locais e da época como é o caso das framboesas ou do wasabi, dois dos ingredientes que vai utilizar no evento “O Chocolate em Lisboa”, que vai decorrer no Campo Pequeno.

 

 

O que mais me influencia é um tipo de cozinha e chefes que apostam em produtos locais e sazonais, tirando o melhor partido de cada produto sem manipulá-lo em excesso. Alguns dos meus chefes pasteleiros favoritos são Claire Heitzler, Christophe Michalak, Jordi Roca, Frank Haasnoot e Ramon Morató“, revela  Joana Gonçalves sobre o que a influência e quais são os seus chefes de eleição. 

 

 

A madeirense em 2012 estagiou com o chocolateiro belga Jean-Philippe Darcis, em 2013 trabalhou no “The 1Cliff Bay” na Madeira, cujo Chef Benoit Sinthon é estrela Michelin, passou pelo “Belcanto” do Chef José Avillez e pela “Fortaleza do Guincho”, ambos estrelas Michelin. Em Portugal já foram dadas 26 estrelas Michelin, tendo vários restaurantes recebido este galardão pela segunda vez.

 

 

Actualmente, aos 33 anos, está a trabalhar num restaurante premiado com uma estrela Michelin, Eleven, como Chef pasteleira. “Trabalhar num restaurante com estrela michelin permite fazer um trabalho mais criativo e experimental. Exige muito estudo e consistência e uma compreensão do que é a cozinha do chefe para que a pastelaria seja uma continuação, parte de todo um processo e não um oposto“, explica-nos.

 

A jovem pasteleira pode ser vista no evento mais doce do ano a cozinhar sobremesas com chocolate no já tradicional Choco Cooking. 

 

 

Para o chocolate em lisboa vou preparar uma sobremesa de chocolate, tangerina, ervilha e wasabi“, conta a jovem chef sobre o que vai fazer naquele que é o maior evento sobre o chocolate em Portugal.

 

 

Para os dias de Inverno, a chef Joana Gonçalves aconselha “Uma sobremesa com várias texturas de citrinos. Para mim o Inverno é mais salgado e o Verão mais doce“.

 

 

 

Questionada sobre a que saberia Portugal se fosse um chocolate, responde: “Seria um chocolate 70% amargo e ácido mas com um toque de vinho do porto“. Joana Gonçalves e os restantes mestres chocolateiros podem ser vistos no evento “Chocolate em Lisboa”, de 09 a 12 de Fevereiro, no Campo Pequeno.

 

 

framboesa-ervilha-e-wasabi001-copia(sobremesa da autoria de Joana Gonçalves que contempla alguns dos ingredientes que usará n’ O Chocolate em Lisboa, embora não seja esta a sobremesa que irá apresentar no certame).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.