Lisboa: Detido após roubo violento numa loja

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, deteve 1 homem, do sexo masculino, com 21 anos, pela prática de 1 (um) crime de roubo.

No dia 07 de Dezembro do pretérito ano, ao final da tarde, um homem subtraiu vários artigos de um minimercado na zona do Beato após perpetrar uma série de agressões violentas. O roubo aconteceu num momento em que o funcionário da loja se encontrava sozinho a laborar, estando acompanhado por três clientes idosas. A violência do ato levaria o lesado, de nacionalidade estrangeira, a equacionar regressar para o seu país de origem, tendo ficado profundamente perturbado.

O suspeito, mediante ameaça de violência física, desapossou o lesado de 20€ que tinha consigo, fazendo-o sem pejo, e na presença das demais testemunhas que ficaram assustadas a assistir.

Dias depois, ao ter conhecimento dos factos, e porque esta era situação que se tinha vindo a repetir nos últimos tempos, havendo vários episódios anteriores do suspeito a retirar bens da loja sem efectuar pagamento, a PSP aconselhou-o a apresentar denúncia.

Na posse da denúncia, a investigação criminal da PSP de Lisboa recolheu todos os meios de prova possíveis, e já na posse da identificação do suspeito, procedeu à sua intercepção e consequente detenção fora de flagrante delito, mediante emissão de Mandados de Detenção por parte de Autoridade de Polícia Criminal.

O suspeito é sobejamente conhecida da PSP, tendo sido detido três vezes em flagrante delito pelo crime de tráfico de estupefacientes, todas durante o ano de 2019, tendo sido sujeito, à data, em todas elas, à medida de coação de Apresentações Periódicas. A consumação deste ilícito acabou por ser uma alternativa que o suspeito encontrara à dedicação ao tráfico de estupefacientes.

Após realização do devido expediente processual, o suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório de arguido detido, tendo-lhe sido decretada a medida de coação máxima de Prisão Preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.