Lisboa: PSP detém 7 homens em 7 horas

 

 

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial da Amadora, no dia 28 de Fevereiro, entre as 07:00 e as 14:00, procedeu à detenção de sete cidadãos, com idades compreendidas entre os 29 e os 44 anos, pela prática dos crimes de ameaça e gravação ilícita, tráfico de estupefaciente, posse de arma proibida, ameaça com arma, ofensa à integridade física, roubo e violência doméstica.

Pelas 07:30, no cumprimento de uma diligência no âmbito de um processo em investigação, os polícias da PSP foram ameaçados e filmados perante a tentativa do suspeito de ofender a sua honra no cumprimento das funções, motivo pelo qual foi detido e notificado para comparência em Tribunal.

Na segunda situação, pelas 10:00, uma mulher de 57 anos de idade, numa dependência bancária, efectuou o levantamento de 1000 euros. Sem se aperceber que estava a ser vigiada pelo suspeito, guardou o dinheiro numa bolsa que trazia consigo e ao sair do banco, foi seguida e abordada pelo mesmo, tendo-lhe tentado roubar a referida bolsa com o dinheiro e, perante a resistência da vítima, mordeu-a num braço conseguindo apoderar-se dos seus bens e colocar-se em fuga. Atendendo a que a vítima se deslocou de imediato a uma esquadra para denunciar o crime, os polícias da PSP, interpretando a direcção de fuga e com recurso à video-vigilância, conseguiram localizar e interceptar o suspeito. Os bens subtraídos foram recuperados na sua totalidade e restituídos à vítima. O detido, com antecedentes criminais e tendo já cumprido pena efectiva de prisão, foi presente a Tribunal ficando em Prisão Preventiva.

A terceira situação ocorreu pelas 10:10, quando um indivíduo que se encontrava a provocar desacatos e a brandir uma faca de cozinha no interior de uma padaria local, assustando as funcionárias e os clientes ali presentes, foi detido por ofensa à integridade física voluntária simples após perseguição apeada, por ter provocado um corte num cidadão que lhe tentou retirar a faca da mão. O mesmo foi presente a Tribunal sendo decretada a sua condução a ala psiquiátrica.

Próximo das 10:30, uma cidadã tentou visitar um recluso no Estabelecimento Prisional de Caxias e, ao ser sujeita a revista, foram encontradas cerca de 96 doses de haxixe introduzidas na sua zona genital. De referir que a visita não estava autorizada motivo pelo qual se terá deslocado à prisão com o objectivo de efectuar a entrega do estupefaciente. A mesma ficou sujeita a Termo de Identidade e Residência.

Às 14:00, no âmbito de um processo em investigação por tráfico de estupefaciente, foi efectuada uma busca domiciliária, tendo o suspeito sido presente a Tribunal e aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva. Da referida busca foi possível apreender o seguinte material:

· 325 Doses de cocaína;

· 362 Doses de heroína;

· 21 Embalagens de metadona;

· 2 Revólveres;

· 6 Munições de calibre 7.65 mm;

· 1 Viatura;

· 4 Telemóveis;

· 1697,37 Euros em numerário do BCE.

Por último, dando cumprimento a mandados de detenção, foram ainda detidas e presentes a Tribunal duas pessoas pela prática do crime de violência doméstica, desconhecendo-se de momento, as medidas de coação aplicadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.