Loures: Detido após agredir a mulher que tentava terminar a relação…

O Comando Metropolitano de Lisboa, através da Divisão Policial de Loures, no dia 28 de Junho, pelas 10:20, no cumprimento de mandado de detenção e mandado de busca domiciliária, emitido por Autoridade Judiciária, procedeu à detenção fora de flagrante delito de um homem, com 41 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de violência doméstica.

Em meados do mês de Março do corrente ano, a vítima iniciou o contacto com a Polícia, narrando episódios de agressão, injúrias e ameaças contra a integridade física, logo após esta tentar o fim da relação que ambos mantinham, receando assim pela sua vida, uma vez que o suspeito era possuidor de várias armas de fogo legalizadas.

Desde logo, iniciou-se o processo investigatório, bem como o acompanhamento e aconselhamento à vítima das medidas de segurança a serem adoptadas pela mesma, através das equipas especializadas para o efeito.

No cumprimento dos mandados emitidos, foi possível apreender:

· 1 arma de fogo longa, carabina calibre .22;

· 1 arma de fogo, pistola calibre .22;

· 1 arma de ar comprimido, calibre 5,5mm;

· 778 munições de calibre .22.

Foi assim o detido presente ao Tribunal Judicial da Comarca Lisboa Norte – Núcleo de Loures para definição de medida coação, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de proibição de contactos com a vítima e proibição de adquirir armas de fogo.

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP acredita que esta detenção é suficientemente impactante para que o fenómeno, prioritário em termos de intervenção policial, sofra decréscimos assinaláveis pela dissuasão de grupos de autores com pretensões desta natureza, conquanto dará continuidade às investigações criminais que estão em curso no sentido de apresentar mais suspeitos perante as autoridades judiciais, bem como manterá as medidas de prevenção criminal necessárias ao fortalecimento do sentimento de segurança das populações em geral e das vítimas deste tipo de ilícitos, em particular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.