Matosinhos: PSP e Bombeiros Voluntários fazem teste à COVID-19, na Associação Kastelo

A associação Kastelo, única unidade de cuidados integrados pediátricos da Península Ibérica, sediada em São Mamede de Infesta, Matosinhos, vai realizar testes serológicos para despiste do COVID-19 aos elementos que integram o corpo de bombeiros voluntários e aos agentes da PSP de São Mamede de Infesta, nos dias 13 e 14 de Julho, entre as 9:30 e as 13:00 e das 14:00 e às 16:00, nas instalações daquela unidade.

A realização dos testes abrange cerca de 120 operacionais dos quadros activo e de comando, pertencentes ao Corpo de Bombeiros e à PSP, tendo como objectivo minimizar o risco de contágio entre o efectivo, bem como salvaguardar a saúde e segurança dos profissionais no exercício das suas funções e daqueles com quem estes contactam no dia-a-dia.

Os testes serológicos serão realizados por profissionais de saúde no espaço exterior da unidade do Kastelo e de acordo com Teresa Fraga, directora técnica do Kastelo, “a metodologia do processo passa por uma picada no dedo do indivíduo, de modo a retirar através de uma pipeta descartável, uma gota sangue. Este teste consiste num imuno ensaio cromatográfico de detecção qualitativa de anticorpos IgG e IgM para o SARS-CoV-2. O resultado é conhecido 15 minutos após a recolha”, explica.

Gilberto Gonçalves, comandante dos Bombeiros Voluntários de São Mamede de Infesta, sublinha o apoio do Kastelo à comunidade local no combate à pandemia e a importância da realização desta medida tem em conta o risco de exposição profissional ao coronavírus SARS-CoV-2. “Estes testes de diagnóstico que o Kastelo se dispôs a realizar junto dos elementos da corporação são fundamentais não só para evitar a propagação e o risco de contágio entre os nossos profissionais, mas também na salvaguarda da saúde daqueles com quem contactam diariamente no exercício das suas funções, nomeadamente no transporte de doentes”, salienta.

A oferta dos testes serológicos foi conseguida graças a um dos mecenas da associação, a empresa Biojam Holding Group, que “quis doar ao Kastelo o material necessário para ajudar as forças de segurança que, assim como os profissionais de saúde, estão a ajudar a combater a pandemia” refere, Carlos Monteiro, presidente do conselho de administração da empresa.

Num gesto de solidariedade, o Kastelo doou, no passado dia 3 de Julho, equipamento de protecção individual aos agentes da PSP e aos bombeiros voluntários de São Mamede de Infesta. A entrega de 235 pares de botas de segurança e álcool gel ficou a cargo da empresa Biojam Holding Group.

Teresa Fraga, diretora técnica do Kastelo, refere que se trata de um “trabalho conjunto e em rede” e que tem permitido para que até agora e mesmo no contexto de uma pandemia, a associação continue a sua missão garantindo o bem-estar das crianças, não tendo registado qualquer caso de Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.