Metro: Estação do Aeroporto celebra 7º aniversário e já recebeu 29,8 milhões de passageiros

 

 

As estações de Moscavide, da Encarnação e do Aeroporto, integradas no prolongamento da linha Vermelha do Metropolitano de Lisboa, entraram em funcionamento no dia 17 de Julho de 2012.

Com este prolongamento da linha Vermelha Oriente / Aeroporto o Metropolitano de Lisboa reforçou o seu papel enquanto modo de transporte estruturante e garante da mobilidade e da intermodalidade urbana, suburbana, nacional e internacional, consolidando e reforçando a sua configuração de rede, em detrimento de uma estrutura baseada em simples ligações radiais.

Este prolongamento contou com 3.326 metros de extensão e três novas estações. Decorridos sete anos, foram transportados nesse troço cerca de 64,2 milhões de passageiros. Só a estação Aeroporto movimentou cerca de 29,8 milhões de clientes.

Este prolongamento teve um impacto significativo nas acessibilidades ao Aeroporto de Lisboa e constituiu um importante interface para os passageiros do transporte aéreo e para a generalidade das pessoas que trabalham naquela zona. Serve, igualmente, as áreas residenciais de Moscavide, Encarnação e Olivais.

A rede de Metro, através desta ligação do centro da cidade ao Aeroporto Humberto Delgado permitiu a criação de um novo interface multimodal de ligação entre o sistema de transportes da Área Metropolitana de Lisboa, os transportes nacionais e as ligações transeuropeias. Através desta ligação passou a ser possível viajar entre o Saldanha e o Aeroporto em cerca de 16 minutos.

Estas três estações permitem, anualmente, uma redução de 3,8 mil toneladas de emissões de CO2 e demonstram a constante preocupação da empresa em reforçar a estratégia de promoção da sustentabilidade ambiental, no âmbito do serviço público de transporte que a empresa presta diariamente aos seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.