Ministério da Educação e Sindicato dos Jornalistas assinam protocolo, com patrocínio de Marcelo Rebelo de Sousa

 

 

O Ministério da Educação e o Sindicato dos Jornalistas assinaram um protocolo para que os professores recebam formação na área dos media, dada precisamente por jornalistas e académicos especialistas na área do jornalismo.

 

Num tempo em que temáticas como as fake news estão na ordem do dia, e em que o poder das redes sociais emerge, é urgente formar cidadãos informados, conscientes e participativos para o futuro coletivo, com o cada vez maior desenvolvimento de competências – de professores e, por conseguinte, de alunos – nestas matérias de consumo informado e crítico dos conteúdos difundidos pelos meios de comunicação social”, refere comunicado enviado pelo Ministério da Educação.

A formação em “Literacia dos Media e Jornalismo: práticas pedagógicas com os media e acerca dos media” surge como uma ideia no 4.º Congresso de Jornalistas Portugueses, em 2017, que ganhou forma, depois de apresentada pelo Sindicato dos Jornalistas ao Ministério da Educação, tendo em conta a pertinência, adequação e complemento da mesma ao trabalho já desenvolvido nas escolas, nomeadamente no âmbito da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania”, acrescenta.

Esta parceria surge com “o objectivo de capacitar os professores para o desenvolvimento de actividades de Educação para os Media, esta formação segue a metodologia de projecto, envolvendo alunos e outros membros das comunidades educativas. Deste modo, tendo em conta a existência de componente teórica mas também prática, serão desenvolvidas actividades de Literacia dos Media, com milhares de alunos ao longo da formação. A formação tem início este sábado, 26 de Janeiro, num projecto-piloto que, este ano lectivo, irá já envolver cerca de 40 agrupamentos e 100 professores, formados por um grupo de 10 jornalistas e académicos: Manuel Pinto/Daniel Catalão, João Figueira/Miguel Midões, António Granado/Sofia Branco, Miguel Crespo/Paulo Barriga, Vitor Tomé/Isabel Nery. Com o alto patrocínio do Presidente da República, a formação – que envolve professores do 3.º ciclo e do Ensino Secundário já ligados a projectos de media nas escolas e professores bibliotecários – vai decorrer em 5 regiões do país: Faro, Évora, Lisboa, Águeda e Porto. As sessões de formação terão componente teórica (8h) e prática (12h), cujo objectivo é disponibilizar aos professores metodologias, recursos e ferramentas que poderão usar nas actividades de Literacia dos Media em contexto de sala de aula”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.