Ministra do Mar inaugura 33ª edição do Festival do Marisco de Olhão

 

 

 

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, preside à inauguração da 33ª edição do Festival do Marisco de Olhão, que acontece na sexta feira, 10 de Agosto, pelas 18:00.

 

A uma semana do arranque do maior evento gastronómico a sul do País, que este ano decorre de 10 a 15 de Agosto, ultimam-se os preparativos no Jardim Pescador Olhanense, que se transfigura para receber da melhor forma as dezenas de milhares de olhanenses e turistas, para quem o certame é já ponto de passagem obrigatório no verão algarvio.

 

A gastronomia e a música são os pilares do Festival do Marisco de Olhão: os melhores mariscos e bivalves, cozinhados como só os olhanenses sabem, são servidos com o acompanhamento, em palco, de um cartaz musical que traz anualmente à cidade cubista um cartaz composto por artistas de destaque nacional e internacional.

 

A 33ª edição não é excepção, com Agir, Pedro Abrunhosa, Ana Moura, Vanessa da Mata, Calema e Xutos & Pontapés a animarem o recinto junto à Ria Formosa.

 

Quanto aos bilhetes, ficam-se pelos 7 € nos primeiros três dias do evento, e pelos 9 € nos três últimos dias. As crianças até aos seis anos não pagam entrada, e para jovens entre os sete e os 12 anos, o bilhete tem 50% de desconto.

 

A organização do Município de Olhão e da empresa municipal Fesnima volta, este ano, a apostar no Bilhete Festival, disponível apenas através da Ticketline e rede de distribuição, que vale para os seis dias do evento e pode ser adquirido a um preço mais económico, já que custa 42 € para adultos e 18 € para as crianças.

 

Um dos principais cartazes turísticos de Olhão e da região, o Festival do Marisco é já um compromisso obrigatório, quer para os algarvios, quer para os muitos turistas que em agosto se encontram no Algarve, com o objectivo de se deliciarem com o marisco mais fresco, confeccionado no momento e como só os olhanenses sabem, com o maravilhoso cenário da Ria Formosa como pano de fundo.

 

Os camarões grelhados, as sapateiras, o arroz de marisco, as paellas, as lagostas, os lavagantes, as amêijoas ou as ostras continuam a fazer crescer água na boca aos visitantes do Festival.

 

Todos estes sabores podem ser degustados num espaço com milhares de lugares sentados.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 06/08/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

_