terrassemsombraBio-7662

 

“Pelas Alturas de Mú- o Alentejo Serrano” foi o tema à qual e dedicou a primeira actividade de biodiversidade da 13ª edição do Festival Terras sem Sombra, em Almodôvar.

 

 

Após o triunfal concerto de ontem, o Infocul falou com Arcangel, cantaor do grupo Accademia del Piacere, sobre a oportunidade de cantar no Terras sem Sombra e também a as semelhanças que podem ser encontradas entre o Fado e o Flamenco.

 terrassemsombraBio-7570

 

Sou um grande admirador de Portugal, vivo muito perto, cerca de uma hora de carro e é muito bonito ter uma igreja de pé a aplaudir. Sempre que poso vir a sítios tão bonitos como este e onde a musica é tratada com tanto respeito é algo grandioso”, revelou emocionado após um concerto no qual o seu talento e o do grupo foi aclamado.

 

 

O fado significa o lamento e sentir do povo português e o flamenco também [relativamente ao povo espanhol] portanto penso que estamos bastante próximos” disse sobre as semelhanças entre flamenco e fado.

 

 

Numa actividade de biodiversidade que foi bastante concorrida, embora com São Pedro a não ser muito simpático nas condições climáticas, foi dado destaque a alguns aspectos da vida nesta serra como a forte implementação de sobreiros e medronheiros, a actividade que ali é efectuada pelos sapadores municipais na prevenção de fogos e também o que ali mudou desde 2004, altura em que um fogo de grande magnitude ardeu cerca de 30 mil hectares.

 terrassemsombraBio-4375

 

terrassemsombraBio-4387

 

terrassemsombraBio-7578

 

Desde essa altura assistiu-se a um aumento dos trabalhos preventivos no que a incêndios florestais diz respeito, ma também surgiram oportunidades até ai não exploradas relativamente aos recursos silvestres.

 

 

Por entre as tréguas que São Pedro foi dando, oportunidade para dedicarmo-nos à plantação de sobreiros e medronheiros, sob o atento olhar de especialistas da natureza.

 

 

Importante referir que esta serra abrange as freguesias de S. Barnabé, Santa Clara a Nova, Santa Cruz e Gomes Aires. Numa flora densa e fechada nos umbriais podemos encontrar uma vasta quantidade de espécies animais e vegetais. O medronheiro, o sobreiro, a azinheira, a urze e o rosmaninho existem em grande quantidades e são facilmente identificáveis. Ao longo dos últimos anos, tem também perdido muito habitantes!

 

terrassemsombraBio-7581

 

terrassemsombraBio-7585

 

terrassemsombraBio-7587

 

terrassemsombraBio-7593

 

terrassemsombraBio-7599

 

terrassemsombraBio-7606

 

terrassemsombraBio-7647

 

terrassemsombraBio-7649

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6445 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.