Nebulosidade e chuva antecedem o Natal…

Até dia 23 (quarta-feira) o estado do tempo em Portugal Continental vai ser influenciado por um anticiclone localizado no interior da Península Ibérica e pela presença de uma massa de ar quente e húmido. Assim, prevêem-se períodos de muita nebulosidade com ocorrência de chuva fraca ou chuvisco, em particular no dia 23, sendo a precipitação mais intensa e persistente no Minho e Douro Litoral.

Durante o dia 23, uma superfície frontal fria irá atravessar as regiões Norte e Centro, passando o regime de precipitação a aguaceiros fracos, com diminuição da temperatura e havendo possibilidade de queda de neve a partir do final da tarde nas terras altas do Norte e na Serra da
Estrela, sendo no entanto pouco provável devido à diminuição gradual da frequência de precipitação. A superfície frontal fria deverá passar na região Sul até ao início da manhã de dia 24 (quinta-feira) com precipitação fraca. Também até à manhã de dia 24, ocorrerão neblinas e nevoeiros em alguns locais, sendo mais prováveis durante a noite e manhã. O vento soprará do quadrante sul fraco a moderado, por vezes forte nas terras altas, rodando gradualmente para o quadrante oeste.

A partir da manhã de dia 24 (quinta-feira), com o estabelecimento gradual de um anticiclone a noroeste da Península Ibérica e a influência de uma massa de ar frio e seco, prevê-se uma mudança do estado do tempo com diminuição da nebulosidade e sem precipitação prevista. A
temperatura irá descer, em especial a mínima, sendo que, de um modo geral, na noite da consoada as mínimas rondarão os 2 a 6°C no
litoral Norte e Centro, 8 a 10°C no litoral Sul, -2 a 2°C no interior Norte e Centro e entre 3 a 6°C no interior Sul. O vento rodará gradualmente para o quadrante leste, intensificando no dia 25 (sexta-feira), o que, associado à descida de temperatura, deverá aumentar o desconforto térmico. Prevê-se a formação de gelo ou geada em alguns locais do interior Norte e Centro.

O vento deverá enfraquecer temporariamente no dia 26 (sábado), mantendo-se a tendência de descida de temperatura (2 a 3°C), rodando para o quadrante oeste no dia 27 (domingo) com aumento gradual da nebulosidade e possibilidade de ocorrência de precipitação.

Até dia 24 (quinta-feira) a agitação marítima na costa ocidental aumentará, podendo atingir temporariamente os 3 a 3,5 metros, diminuindo gradualmente a partir da tarde de dia 24.

Fonte: IPMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.