Novos episódios de “Crimes que emocionaram a Grã-Bretanha” estão quase a chegar ao Crime + Investigation

image001(2)

 

No dia 10 de Abril, pelas 23:00, estreiam novos episódios de “Crimes que emocionaram a Grã-Bretanha”. Contados na primeira pessoa, pelos olhos de quem esteve por dentro dos crimes, esta série analisa todas as peças que levaram a tais atrocidades, examinando também todos os seus efeitos devastadores.

 

 

Esta série traz episódios duplos onde o  público vai descobrir a verdade por detrás dos crimes que chocaram a nação, podendo assistir à nova luz que lançámos sobre os crimes arrepiantes que criaram ondas de choque por todo o país, mudando o Reino Unido para sempre.

 

 

Contados na primeira pessoa, pelos olhos de quem esteve por dentro dos crimes, a série analisa todas as peças que levaram a tais atrocidades, examinando também todos os seus efeitos devastadores.

 

 

“Crimes que emocionaram a Grã-Bretanha” usa reconstruções dramáticas, relatos de testemunhas, entrevistas a polícias, notícias arquivadas e acesso direto e íntimo com as vítimas e famílias; cada episódio explora as profundezas obscuras de alguns dos casos mais infames e perturbadores da Grã-Bretanha.

 

 

 

Episódios em Abril:

 

 

Jimmy Savile ( é emitido na segunda-feira, 10 de Abril, às 23:00): O que antes era um ídolo nacional transformou-se, um ano após a sua morte, no homem mais difamado do Reino Unido. Jimmy Savile foi considerado o pior agressor sexual que a Grã-Bretanha alguma vez viu. Em Outubro de 2012, iniciou-se uma investigação a Savile que levou centenas de vítimas de abusos sexuais a dirigirem-se a 28 forças policiais. As alegações remontavam a 1955, mas como poderia um artista tão reconhecido, com um passado tão abundante em abusos a menores, ter passado despercebido durante tanto tempo? Vítimas, membros das famílias abaladas e ex-colegas de Savile destaparam aquele que foi um dos maiores escândalos que o país alguma vez testemunhou.

 

 

Lee Rigby ( é emitido na segunda-feira, 10 de Abril, às 23:45): Em plena luz do dia, numa movimentada rua de Woolwich, no dia 22 de Maio de 2013, o fuzileiro de serviço Lee Rigby foi atacado e assassinado pelos extremistas islâmicos Michael Adebolajo e Michael Adebowale. O doentio acontecimento foi gravado pelas câmaras dos telefones das testemunhas horrorizadas e os assassinos foram filmados a reivindicar terem levado a cabo o ataque em nome de Alá. Numa sequência dramática de eventos, a polícia chegou à cena passados poucos minutos e alvejou os dois homens, enquanto eles corriam na sua direcção com as armas em punho. Tanto Michael Adebolajo como Michael Adebowale foram acusados de homicídio em Old Bailey.

 

 

Rose West ( é emitido na segunda-feira, 17 de Abril, às 23:00): Juntamente com o seu marido Fred, Rose West assassinou brutalmente dez raparigas entre 1973 e 1979, tornando-a numa das mais importantes assassinas em série no Reino Unido. Quando vários corpos foram encontrados enterrados no jardim da sua casa em Gloucester em 1994, um frenesim mediático envolveu o casal depois de ter sido concluído que a maioria das suas vítimas, que incluíam dois dos seus próprios filhos, morreram na sequência de episódios sádicos de violação e tortura.

 

 

O Marchioness ( é emitido na segunda-feira, 17 de Abril, às 23:46): Ao início do dia 20 de Agosto de 1989, 131 pessoas participavam na festa de aniversário do graduado de Cambridge Antonio de Vasconcellos em Londres. A decorrer no rio Tamisa no barco de recreio “O Marchioness” colidiu com o dragador Bowbelle e afundou-se em minutos, resultando na perda de 51 vidas. Na sequência deste desastre, foi dito às famílias que não poderiam ver os seus entes queridos e foram levadas a cabo práticas questionáveis nos falecidos, dando origem a uma investigação vários anos mais tarde.

 

 

Clare Wood ( é emitido na segunda-feira, 24 de Abril, às 23:00): Em Abril de 2007, Clare Wood conhece George Appleton num site de encontros e iniciam uma relação. Sem que ela soubesse, Appleton era um criminoso com uma grave história de violência contra mulheres. Muitos meses mais tarde, Clare decide terminar a relação, mas Appleton fica furioso e começa a atormentar Clare na sua própria casa. Apesar de ter sido entrevistada pela polícia várias vezes, os pedidos de ajuda de Clare não foram atendidos e o seu corpo foi descoberto queimado na sua casa em Salford, em Fevereiro de 2009. Seguiu-se uma caça ao homem, com a polícia em busca de Appleton, mas ao fim de cinco dias foi encontrado enforcado num pub abandonado, escapando assim à justiça.

 

 

Os Philpotts ( é emitido na segunda-feira, 24 de Abril, às 23:46): Quando seis crianças morreram num incêndio doméstico em Allenton, Derby, em Maio de 2012, o país ficou chocado. Os pais Mick e Mairead Philpott apareceram visivelmente perturbados perante os jornalistas, mas poucas semanas depois foram acusados de homicídio. Depois de condenados de homicídio involuntário pela morte dos seus filhos, desvendamos as razões por detrás do ataque incendiário à sua própria casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.