O mapa do Porto e Norte em Gastronomia e Vinhos

3 - Chaves - Enchidos

 

 

A Turismo do Porto e Norte de Portugal acaba de lançar o Mapa Enogastronómico deste destino turístico permitindo a mapealização de forma simples e intuitiva de todos os espaços enoturísticos da região.

 

 

O mapa contém informações sobre locais a visitar, aconselha provas gastronómicas e dá orientações sobre regiões demarcadas de vinhos. O documento possui 23 Produtos com Denominação de Origem Protegida (DOP), tem 11 pontos de visitação e 255 quintas de enoturismo. Esta ferramenta turística está disponível em duas línguas – Português e Espanhol. O mapa, em formato de bolso, está disponível nas lojas de turismo em toda a região Porto e Norte.

 

 

O mapa enogastronómico é um projeto pioneiro que convida à descoberta das melhores experiências gastronómicas inspiradas nas tradições locais, e dos vinhos, mundialmente reconhecidos pela sua qualidade e originalidade. É mais uma iniciativa que vem confirmar que o Porto e Norte se distingue na divulgação das suas características”, refere Melchior Moreira, presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal. “Em 2016 a gastronomia representou 23% do fator de motivação para quem nos visita, logo a seguir ao City Breaks e Touring Cultural, o que nos mostra que é realmente um produto estratégico de extrema importância para a promoção da vinda ao território e por isso mesmo a exigir que haja respostas para quem nos procura”, adianta o responsável.

 

 

Os mercados com mais apetência para este produto são os espanhóis e franceses, os mesmos que mais procuram o nosso destino. Em 2017 no acumulado entre janeiro e setembro e em comparação com 2016 registamos um aumento de 11,2% nos visitantes cuja motivação é a gastronomia e vinhos

 

 

Os mercados mantêm-se os mesmos, ou seja, Espanha e França registam o maior número, sendo de salientar o aumento de cerca de 17% da procura por parte dos espanhóis.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6784 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.