O novo Opel Ampera-e traz o melhor da mobilidade elétrica

cq5dam.web.1280.1280 (1)

 

 

O novo Opel Ampera-e, que estreou em Outubro no Salão de Paris, faz com que a mobilidade eléctrica viável para um leque de utilizadores mais vasto do que nunca. Ao eliminar a chamada “ansiedade com autonomia”, este veículo é para ser utilizado no dia a dia e sem qualquer tipo de preocupações. Este modelo acrescenta aos carros eléctricos uma maior dinâmica, com potência e “performances” semelhantes às de um modelo desportivo convencional.

 

 

O Ampera-e dá um contributo decisivo para a inauguração de um novo capítulo na História do automóvel. A Opel está a lançar agora o Ampera-e nos países que já possuem infraestruturas desenvolvidas de recarregamento e que revelam ambições de se tornarem líderes no campo da mobilidade elétrica. O Ampera-e já está à venda na Noruega, aquele que é, actualmente, o maior mercado deste género de veículos na Europa. Seguir-se-ão, ainda este ano, a Alemanha, a Holanda e a Suíça.

 

 

 

Este automóvel tem uma autonomia de 520 km (o que é superior em algo como 100 km à do concorrente neste segmento que mais se lhe aproxima),a bagageira tem uma capacidade de 381 litros (1274 l, com bancos rebatidos) e espaço para cinco pessoas. O Opel Ampera-e tem dimensões aproximadas a um Corsa e o seu habitáculo é mais espaçoso do que o de um Astra. Já os bancos elevados criam a “sensação SUV” mesmo que as acelerações sejam dignas de um carro mais desportivo. 

 

 

 

Mas o Ampera-e tem mais para oferecer. O revolucionário automóvel eléctrico proporciona uma condução descontraída e praticamente silenciosa, sendo capaz de recarregar as baterias em andamento. Para tal, basta ao condutor aliviar o pedal do acelerador quando conduz em modo normal “Drive”. O Ampera-e recupera energia através do motor eléctrico, o qual actua também como gerador. 

 

 

 

O efeito de travão motor é acentuado se o condutor selecionar o modo “Low”, aumentando ao mesmo tempo a recuperação de energia. Para aproveitar ao máximo o potencial de recuperação, é possível escolher a função “Regeneration on Demand” (regeneração manual), que funciona sempre que é acionada uma patilha junto ao volante. O efeito de travão motor é considerável nos modos “Low” e “Regeneração Manual”, o que permite reduzir a velocidade e até imobilizar o veículo, em tráfego normal, sem ser necessário utilizar o pedal de travão. Os primeiros modelos de simulação realizados pelos engenheiros revelaram que é possível alargar a autonomia em cerca de cinco por cento se for utilizado um dos modos de maior regeneração em vez do modo “Drive” normal, especialmente no trânsito denso das cidades. A velocidade máxima está limitada electronicamente a 150 km/h, a bem da autonomia do automóvel.

 

 

 

Este modelo vêm apetrechado com um sistema avançado de estacionamento que identifica espaços adequados para estacionar, tanto paralelos como na perpendicular, e detecta possíveis obstáculos. A direcção é operada automaticamente. O condutor apenas tem que acionar os pedais (acelerador e travão) e a alavanca de movimento.

 

 

 

O conceito de segurança do novo Ampera-e consegue reconhecer os sinais de trânsito, avisa da distância necessária para o carro da frente e também integra os outros utentes da via, especialmente os peões. Uma vez que os automóveis elétricas produzem menos ruído do que veículos convencionais com motores térmicos, o novo Opel está equipado com um sinal sonoro que alerta para a sua presença. Este aviso está ativo a velocidades inferiores a 30 km/h.

 

 

 

O conforto nas viagens longas é garantido graças ao espaço abundante e à conectividade digital com o exterior graças a um “hotspot” Wi-Fi a um sistema de informação e entretenimento específico para o Ampera-e. O infoentretenimento IntelliLink é compatível com Apple CarPlay e Android Auto, permitindo a integração de “smartphones”. Isso significa que o condutor e os passageiros podem fazer chamadas, obter direções de navegação, trocar mensagens ou ouvir música através de “streaming”. O novo elétrico da Opel também oferece um sistema de som criado pela Bose com sete altifalantes de elevada “performance”.

 

 

 

O novo Opel Ampera-e é o novo eléctrico da construtora alemã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.