O Tesouro de Cooper no Discovery Channel

cooper

 

 

 

Lance-se ao mar com o Discovery Channel em busca da frota perdida de Cristovão Colombo no Mar das Caraíbas. Para esta busca contará com um mapa do tesouro muito especial feito nos anos 60 pelo lendário austronauta da NASA, Gordon Cooper, durante uma das suas missões espaciais na órbita terrestre.O “Tesouro de Cooper” é a nova produção original do Discovery Channel e estreia a 31 de Julho às 21:00.

 

 

 

Em Maio de 1963, em plena Guerra Fria, o jovem austronauta da NASA Gordon Cooper encontrava-se a orbitar a Terra, enquanto tentava localizar instalações nucleares em solo estrangeiro. Durante estas viagens, este pioneiro da exploração espacial descobriu algo verdadeiramente extraordinário, que tentou manter em segredo durante mais de 40 anos: anomalias no Mar das Caraíbas, umas manchas escuras sem explicação, que, segundo pensou, podiam ser barcos naufragados.

 

 

 

Durante décadas, o veterano da força aérea norte-americana dedicou-se a trabalhar na elaboração de um mapa que poderia ser  a chave para encontrar um tesouro de valor inestimável, como a frota perdida de Cristóvão Colombo. Cooper nunca conseguiu concluir a expedição mas antes de falecer, em 2004, partilhou o segredo com o seu velho amigo Darrell Miklos, que retomou a investigação e quer agora resolver o mistério.

 

 

 

Mais de 50 anos depois de Cooper elaborar o mapa e mais de uma década depois de confiar ao amigo enormes dossiers com mapas, ilustrações e notas, está tudo a postos para completar a missão. O Discovery Channel decidiu juntar-se a uma equipa de experientes exploradores e investigadores, liderados por Miklos, para encontrar os cinco locais assinalados pelo astronauta, onde poderão estar os navios espanhóis naufragados há mais de 500 anos.

 

 

 

 

A verdadeira motivação de Miklos, que considerava Cooper um pai, é concretizar de uma vez por todas o sonho do amigo e mentor, demonstrando ao mundo que os misteriosos documentos do austronauta são fiáveis. Os pontos assinalados por Cooper encontram-se nas rotas outrora percorridas por galeões espanhóis carregados de ouro, o que poderá significar que as possibilidades de os encontrar são altas.

 

 

 

 

Mas antes toda a equipa terá de perseguir esta missão quixotesca perante as câmaras do Discovery Channel e seguir os passos de apenas um objecto: o primeiro mapa do tesouro feito a partir do espaço.

 

 

 

 

Nos cinco episódios que compõem a série, durante uma expedição que durou um ano, veremos Miklos a explicar a sua relação com o mítico austronauta, a comandar a equipa, a estudar os arquivos de Cooper, classificados como “Top Secret” e a analisar centenas de fotografias tiradas do espaço em 1963. Miklos vai entrevistar engenheiros que particiaparam na missão de Cooper e que admitem que o austronauta fez um “scan” da superfície terrestre através de um engenho não oficial. Assim, Cooper terá localizado mais de 150 locais de naufrágios nas águas de Cuba, Haiti, México, Honduras, Jamaica e Venezuela.

 

 

 

 

Sobrevoando o mar com uma avioneta, guiado pelas anotações do astronauta, Miklos indicará ao seu barco o local exacto onde devem mergulhar para aceder aos valiosos galeões carregados de ouro. Veremos também como o próprio Darrell toma consciência do perigo que é ter em seu poder documentação que pode levá-lo a conseguir milhões de dólares. Mas, tendo em conta que o paradeiro da frota perdida de Cristóvão Colombo continua a ser um enigma, a busca pelo tesouro de Cooper não será uma missão simples.

 

 

 

 

Este verão, o Discovery Channel propõe aos espectadores uma emocionante e inédita expedição às Caraíbas, através um percurso traçado desde o espaço por um astronauta da NASA. O barco zarpa a 31 de Julho, às 21 horas, com a estreia de “Tesouro de Cooper”, uma produção original do Discovery Channel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.