Odisseia apresenta destaques da programação para Setembro

image003

 

 

O canal Odisseia vai apresentar um especial sobre os velhos mitos americanos. No domingo, 2 de Setembro às 21:30,o melhor do mundo subaquático vai ser demonstrado em Odisseia 4K com “Planeta Azul Selvagem”.

 

 

Coloque o fato de mergulho e prepare-se para a aventura nos centros de mergulho mais importantes do mundo. Os profissionais do mergulho mostram-nos os seus encontros com os extraordinários animais das profundezas, como os golfinhos, as raias, as baleias e os tubarões. Vamos descobrir santuários submarinos na Ilha do Coco na Costa Rica, a ilha de Roatan nas Honduras, o recife de coral de Belize, a ilha de Cozumel no México ou a Ilha Socorro. Rodada com a mais recente tecnologia 4K, esta série mergulha-nos num mundo submarino que não deixa indiferente nem os profissionais com grande experiência.

 

 

A 4 de Setembro às 21:30,o canal Odisseia convida os espectadores a sonharem com o futuro. O programa dá as terças-feiras, às 21:30.

 

 

Como será o mundo em 2050? Como afectarão as descobertas de hoje a vida de amanhã? Quais são os projectos e tendências que moldarão o futuro? Que respostas daremos aos desafios económicos, ecológicos e culturais? Cientistas e pensadores de todo o mundo reúnem-se para mostrar-nos os seus sonhos de futuro, graças a efeitos especiais de última geração. Em cada episódio abordam diferentes aspectos da vida, da energia e a medicina, até aos desportos, a moda e o sexo. O futuro já não é ficção científica ; descobre o mundo da próxima geração. Os temas abordados diferem de programa para programa.

 

 

No dealbar do século XXI, o câmbio climático é uma realidade e a situação é crítica. Mas, que passará em 2050, quando mais de 9 mil milhões de pessoas povoarem a Terra e 2 de cada 3 viverem em grandes cidades? Os carros voarão? Poderemos abastecê-las? Este episódio revela um futuro tão surpreendente como inesperado: novos modelos urbanos, eco-mobilidade, veículos autónomos, aviões eléctricos, barcos futuristas e muito mais. Os transportes serão o tema abordado no programa do dia 4 de Setembro.

 

 

Em 2050 seremos 9 mil milhões de pessoas. Poderemos dar de comer a todos? As desigualdades nutricionais e o abuso dos alimentos industriais serão alguns dos grandes desafios do futuro. O modelo atual é sustentável, ou passaremos de ser simples consumidores a participar activamente na cadeia alimentar? Haverá comida personalizada segundo o perfil biológico? Na evolução dos nossos hábitos alimentares influirão as proteínas vegetais, as hortas urbanas, supermercados inteligentes, alimentação personalizada e novas experiências de sabor. A temática do terceiro episódio gira em torno da alimentação e pode ser visto no dia 11 de Setembro.

 

 

Daqui a 30 anos, 65% das crianças que estão hoje no pré-escolar terão profissões que ainda não existem. Mas, num mundo em total metamorfose, no que a revolução digital está chocalhar os modelos de comunicação, é fundamental reformular os nossos sistemas educativos. Como será a escola em 2050? Como se aplicarão as novas tecnologias digitais à aprendizagem? Qual será o papel do professor?

 

 

A educação no futuro é o tema do episódio 4 que passa na terça-feira, dia 18 de Setembro, às 21:30.

 

 

Com o modelo actual, em 2050 necessitaremos 75% mais energia do que a que usamos agora. Mas, os combustíveis fósseis estão a começar a ser escassos e a causar danos no clima. Poderemos deixar de usá-los? Inventaremos novas fontes de energia? Saberemos usá-las de modo mais eficaz e justa? Muitos cientistas afirmam que as energias renováveis serão una verdadeira alternativa ao petróleo. Mas, a mudança mais importante afectará o modo de consumir essa energia. Este episódio conta com a participação de Bertrand Piccard, o piloto que sobrevoou o oceano Pacífico a bordo do Solar Impulse, avião impulsado unicamente por energia solar. Este episódio passa no dia 25 de Setembro às 21:30.

 

 

O especial “USA” estreia no dia 5 de Setembro,quarta-feira, às 21:30 com “The American West” que conta a história de Jesse James, Billy “o Rapaz” e Butch Cassidy, que se tornaram nos primeiros a viver o sonho americano e os primeiros a morrer por ele. Esta série produzida por Robert Redford, o famoso Sundance Kid, transporta-nos à conquista do Oeste selvagem, um mundo violento de cowboys, índios, foras-da-lei e pistoleiros. A civilização, personificada no avanço dos caminhos-de-ferro, nas armas de fogo e na expansão das cidades, invadia o mundo nativo selvagem das tribos índias, como os Sioux, liderados pelo Touro Sentado ou o Cavalo Louco. Durante quase 50 anos, os Estados Unidos cobriram-se de sangue por causa do conflito com os índios, os gangues de foras-da-lei e uma das guerras civis mais cruéis e sangrentas da história. Era um mundo dominado pelo dinheiro e pela ganância, onde não importava o lado da lei, mas sim quem disparava mais rápido. A série conta com a participação de actores da dimensão de Ed Harris, James Caan, Kris Kristofferson, Mark Harmon, Tom Skerrit, Tom Selleck, Burt Reynolds, ou Kiefer Sutherland.

 

 

Em ano de eleições nos Estados Unidos da América, o canal vai emitir “Corrida à Casa Branca”, 22:15. Kevin Spacey produz e narra esta série centrada nas campanhas presidenciais mais célebres da história dos Estados Unidos. Abraham Lincoln, John F. Kennedy, ou Bill Clinton são apenas algumas das personagens que conseguiram, ao contrário de todos os prognósticos, chegar à Sala Oval e tornar-se “no homem mais poderoso do mundo”. Mas para o conseguir tiveram de preparar campanhas eficazes e agressivas, negociar acordos em segredo, transformar amigos em inimigos e quebrar as suas próprias regras. Lincoln teve de sobreviver a uma tentativa de assassinato, defender a abolição da escravatura e manter um perfil discreto para que os seus companheiros de partido lhe facilitassem o caminho até à Casa Branca. JFK superou a inexperiência e catolicismo através de um uso sem precedentes do poder da televisão. A sua juventude e atracção acabaram por o ajudar a derrotar o experiente e orgulhoso Richard Nixon nos primeiros debates televisivos da história. Bill Clinton conseguiu superar os prognósticos mais negativos que davam a vitória a George H. Bush com uma das campanhas mais agressivas e eficazes que há memória. Estas e outras histórias completam os seis capítulos desta trepidante série que combina imagens de arquivo inéditas com entrevistas a alguns dos protagonistas e excelentes encenações dos eventos mais importantes. A série analisa não apenas o carácter e a personalidade dos candidatos, como também a natureza inconstante das campanhas políticas, a forma como um tema ou uma questão pode inclinar a balança e o significado real da democracia e do poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.