Olhão: Apreensão de 90 quilos de polvo por fuga à lota

A Unidade Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Olhão, apreendeu 90 quilos de polvo por fuga à lota, no dia 7 de Novembro, na Ria Formosa.

No âmbito de uma acção de vigilância e patrulhamento que visava a preservação de espécies marinhas e a salvaguarda da fauna e flora, os militares fiscalizaram um veículo que transportava o polvo, avaliado em 1 177 euros, tendo-o apreendido por não ter sido sujeito ao regime de primeira venda em lota. Foi identificado um homem de 23 anos, condutor do veículo pertencente a uma empresa sediada em Espanha.

Após efectuada inspecção sanitária pela autoridade veterinária, e estando o pescado próprio para o consumo humano, foi colocado em lota para primeira venda.

O regime de venda de pescado fresco prevê que a primeira venda seja, obrigatoriamente, realizada em lota, pelo sistema de leilão. A base deste regime assenta, sobretudo, na intenção de se manter e preservar um mecanismo regulador de preços neste sector pela concentração da oferta e da procura, pela transparência na constituição de preços e pelo controlo higiossanitário do pescado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.