Ourique: GNR fechou bar de alterne e deteve 3 pessoas

O Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel, entre os dias 10 e 12 de Novembro, deteve dois homens e uma mulher, com idades entre os 50 e os 73 anos, pelo crime de lenocínio, no concelho de Ourique.

No âmbito de uma investigação, os militares apuraram que os suspeitos geriam um estabelecimento de diversão nocturna e que, no mesmo edifício, tinham quartos destinados à prática de prostituição. No seguimento das diligências, foram realizadas duas buscas domiciliárias e uma busca em veículo, destacando-se a apreensão de:

· 4235 euros em numerário;

· Seis telemóveis;

· Dezenas de artigos e documentos relacionados com a prática do crime de lenocínio.

Os três detidos, um deles com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, ficaram detidos nas instalações da GNR até serem presentes, ontem dia 12 de novembro, ao Tribunal Judicial da Comarca de Ourique, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos entre eles e apresentações semanais nos postos policiais das áreas de residência. A mulher encontrava-se em situação irregular em território nacional, tendo sido notificada para comparecer no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

A acção contou com o reforço do Destacamento de Intervenção de Beja e do Destacamento Territorial de Aljustrel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.