Sobreda: Apreensão de arsenal de armas por violência doméstica

 

 

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial da Trafaria, no dia 25 de Fevereiro, deteve um homem de 62 anos de idade, por posse de armas ilegais, na Sobreda.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, onde a vitima, uma mulher de 59 anos, era injuriada, ameaçada e agredida fisicamente pelo seu marido, sendo coagida através do uso, manipulação e exibição das armas que o mesmo possuía, que associado aos problemas de alcoolismo do suspeito, a GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária, que culminou na apreensão do seguinte material:

· 17 armas brancas, entre facas, navalhas, lâminas e punhais;

· Três armas de ar comprimido (duas pistolas e um revólver);

· Uma pistola metralhadora de airsoft;

· Uma arma eléctrica – Taser;

· Uma espada em miniatura;

· 21 munições de vários calibres.

· 1000 chumbos calibre 4.5mm;

Por estes factos, foi o suspeito constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, estando o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Almada a desenvolver mais diligências de investigação.

Esta acção contou com o apoio do Núcleo de Investigação Criminal de Almada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.