Pedro Abrunhosa presta homenagem a Vasco Pulido Valente e critica a “mediocridade das lérias pseudo-literárias” de Miguel Sousa Tavares

Pedro Abrunhosa prestou, este domingo, homenagem a Vasco Pulido Valente, que faleceu há dois dias. Destaque ainda para a crítica que fez a Miguel Sousa Tavares.

No seu Instagram, Pedro Abrunhosa começou por escrever “morreu há dois dias o mais mal disposto dos portugueses e o mais lúcido dos cronistas, Vasco Pulido Valente”.

Acrescentando que “talvez as duas características tenham de andar juntas para contemplarmos neste país com a mediocridade das lérias pseudo-literárias de MSTavares ou da desgraçada comicidade de Sócrates que VPV, corajosamente, atazanou. Vasco Pulido Valente foi a voz irascível e visionária de que Portugal precisava e que ninguém mais ousou. Conheci-o vagamente. Trocámos livros e correspondência curta. Fica-me o imenso, o enorme prazer das suas crónicas no Público e, para sempre, a escorreita e rigorosíssima escrita em, por exemplo, ‘’O Fundo da Gaveta”, “Glória” ou ‘Um Herói Português”. Ao Historiador e autor Vasco Pulido Valente o meu profundo e reconhecido agradecimento”.

Deixou ainda um pedido aos seus seguidores: “Em vez de likes, façam-me o favor: leiam este homem. Obrigado

Pedro Abrunhosa

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6663 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.