7-Maravilhas-de-Portugal_Aldeias-187x300

 

A Aldeia do Piódão, concelho de Arganil, acolheu ontem a apresentação do projecto “7 Maravilhas de Portugal- Aldeias”, que irá da a conhecer o melhor das aldeias nacionais e quais as 7 que mais se destacam nas várias categorias em que irão concorrer.

 

 

Desde 2007 que as 7 Maravilhas promovem a identidade nacional, realizando iniciativas que promoveram o património histórico, natural, gastronómico e as praias do nosso país.

 

 

O projecto começou em 2007 com a eleição das 7 Maravilhas do Mundo, em 2009 foram eleitas as 7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, em 2010 as 7 Maravilhas Naturais de Portugal, em 2011 as 7 Maravilhas da Gastronomia e em 2012 as 7 Maravilhas Praias de Portugal- Costa Alentejana.

 

 

A celebrar 10 anos de projecto, chega a vez de serem eleitas as 7 Maravilhas de Portugal no que respeita às aldeias.  As aldeias portuguesas estarão dividas por categorias. A saber: Aldeias-Monumento, Aldeias de Mar, Aldeias Ribeirinhas, Aldeias Rurais, Aldeias Remotas, Aldeias Autênticas e Aldeias em Áreas Protegidas.

 

 

Este projecto que tem como responsável máximo Luís Segadães, conta com o apoio em termos de divulgação e da estação pública, RTP 1, como aconteceu nas edições anteriores.

 

 

Na apresentação a imprensa e convidados que decorreu ontem no Piódão, foi possível efectuar uma breve visita pela aldeia com os apresentadores do formato televisivo, Catarina Furtado e José Carlos Malato, além do presidente da Câmara de Arganil e também do administrador do Turismo de Portugal, Filipe Silva. Luís Segadães e dois elementos do Inatel, foram os cicerones de serviço.

 

 

Nesta eleição há algumas nuances do regulamento a ter em conta, desde logo, “7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região”.

 

 

Na conferência de imprensa marcaram presença Daniel Deusdado por parte da RTP, juntamente com os apresentadores anteriormente referenciados, Luís Segadães pelas 7 Maravilhas, Filipe Silva pelo Turismo de Portugal, Carlos Coelho como mentor da imagem do projecto, Ricardo Pereira Alves, presidente da Câmara de Arganil e ainda o Ministro Adjunto Eduardo Cabrita.

 

 

Luís Segadães destacou o facto de “fazer uma nova eleição ao fim de dez anos”, informando que “andamos há um ano com esta ideia”, destacando como objectivos o facto de “mostrar um produto que traz novidade” e ainda “o lado positivo do isolamento” de algumas aldeias.

 

 

Carlos Coelho revelou que “talvez o segredo de Portugal esteja escondido nas pedras do pais” e sendo natural de Lisboa, disse ter consciência que “as raízes do meu país são rurais”.

 

 

Os apresentadores destacaram a alegria por terem oportunidade de apresentar este formato televisivo que divulga e promove o país, mas que acima de tudo o une. Destaca-se a frase de Malato, dizendo que “devemos subir ao povo”, enquanto que Catarina Furtado disse ter aprendido muito sobre o país e o povo português nas edições anteriores.

 

 

Filipe Silva por parte do Turismo de Portugal mostrou convicção de que este projecto irá “motivar os portugueses a viajar mais e a conhecer o seu território”, tendo também na sua intervenção destacado o facto de ser de extrema importância que quem trabalha no turismo tenha formação adequada de modo a “estar devidamente capacitado par receber quem nos visita de norte a sul.

 

 

As candidaturas decorrem no site oficial do evento, sendo que e eleição decorrerá no Verão de 2017.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6448 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.