PSP detém 2 suspeitos por roubo, um deles falso polícia

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 20 de Novembro, pelas 05:00, na freguesia da Misericórdia, em Lisboa, procedeu à detenção de dois homens, com 29 e 38 anos de idade, por serem suspeitos da prática do crime de roubo.

A PSP, na prossecução de uma estratégia de combate e prevenção à criminalidade violenta e grave, aqui direccionada às Zonas de Diversão Nocturna, detinha montada um Operação de Vigilância e Investigação Criminal tendente a neutralizar um foco de roubos sentido na Zona do Cais do Sodré.

Assim, naquela madrugada, o ofendido, em parte debilitado pelo consumo de bebidas alcoólicas naquela zona de diversão nocturna, acabou por ser encurralado e manietado por dois indivíduos. Os agora detidos efectuaram uma primeira abordagem junto da vítima, que abandonaram por existirem testemunhas, sendo que rapidamente o voltaram a interpelar. Assim, numa zona mais escura e sem trânsito de pessoas e viaturas, um deles acaba por efectuar o golpe vulgarmente chamado “mata-leão” à vítima, enquanto o outro o revistava e retirava os pertences.

Os polícias da PSP, já no encalce dos suspeitos, prontamente intervieram cessando o ilícito e recuperando a carteira que havia sido roubada à vítima. Um dos suspeitos tentou desfazer-se da mesma, arremessando-a para o solo com único fito de subtrair a prova material do ilícito que haviam acabado de cometer.

Um dos suspeitos foi detido já este ano, no passado mês de Julho, igualmente pela prática de um roubo agravado, fazendo-se passar por polícia para assaltar um grupo de turistas num acontecimento que o levou, já naquela data, à aplicação da Prisão Preventiva. Revista que foi esta medida, e entretanto em liberdade, voltou a delinquir de forma violenta conforme aqui se expõe.

Presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – Juízo de Instrução de Lisboa, para 1º interrogatório judicial, foram-lhes aplicadas as medidas de coação de Prisão Preventiva ao que havia saído em liberdade e Apresentações periódicas ao outro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.