PSP deteve 3 suspeitos de roubo de jantes

 

 

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 9 de Abril de 2019, pelas 07:00, na freguesia dos Olivais e Bobadela, em Lisboa, procedeu à detenção em flagrante delito de 3 homens, com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos idade, por os mesmos serem suspeitos da prática de vários furtos de veículo e em veículo.

Os homens, que no grupo tinham tarefas definidas entre si, faziam do furto de automóveis e peças, na maioria dos casos jantes, o seu modo de vida. Organizavam diariamente saídas nocturnas com o intuito de localizarem novos objectos de furto, para mais tarde cuidadosamente o praticarem.

A investigação permitiu imputar aos suspeitos diversas ocorrências criminais, tais como furto de viaturas, furto de faróis ou furto de jantes de liga leve. Estes artigos eram sempre furtados para venda por encomenda ou simplesmente para venda em plataformas online.

A investigação, que teve a duração de 6 meses, culminou com a detenção em flagrante delito dos 3 homens, junto às suas residências, após o furto de um par de jantes que 2 dias antes tinham sinalizado na Costa da Caparica e que na madrugada do dia 9 do corrente mês ali se deslocaram com o plano definido de concretizarem o furto das mesmas.

Foram-lhes apreendidos, entre outros objectos, os telemóveis pessoais, a viatura onde se faziam transportar, as ferramentas que usaram para concretizar o furto e o par de jantes que momentos antes furtaram.

Os detidos, com antecedentes criminais por crimes contra a propriedade e falta de habilitação legal para a condução de veículos automóvel, saíram em liberdade, sujeitos a Termo de Identidade e Residência, contudo a detenção efectuada deverá pôr cobro à senda de crimes praticados pelo grupo em causa.

O suspeito principal do grupo, por sobre ele pender Mandado de Detenção para cumprimento de pena ao abrigo de outro processo, recolheu ao Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.