No Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, 4 polícias da Divisão Policial da Amadora, no dia 23 de Setembro, pelas 13:00, procederam a manobras de reanimação de uma criança de 7 meses de idade, que havia sido transportada à Esquadra da área pelo seu pai, residente nas imediações, com o intuito de procurar ajuda para o seu filho que estava inconsciente, junto dos polícias.

A criança, que havia entrado em paragem cardiorrespiratória por ter ingerido um pedaço de plástico, foi reanimada pelos polícias através de manobras de suporte básico de vida. Enquanto um dos agentes manteve contacto com os Serviços de Emergência Médica, outros polícias efectuavam as manobras, sendo que um dos agentes é portador de formação específica.

O Comando Metropolitano de Lisboa tem vindo a ministrar formação sobre o Suporte Básico de Vida, além de formação no uso de aparelhos DAE (Desfibrilhadores Automáticos Externos) , tendo até ao momento formado cerca 500 polícias desde Setembro de 2017, sendo este tipo de formação uma prioridade para o Comando Metropolitano de Lisboa, que continuará a ser uma aposta para os próximos anos.

De realçar que têm sido já vários casos em que, os polícias com este tipo de formação, acabaram por ajudar a salvar cidadãos.

O Comando Metropolitano de Lisboa continuará a ministrar estas formações ao seu efectivo estando previstas até ao final do corrente ano mais 4 acções de formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.