Quarteira e Vilamoura: 3 detidos por incentivo à prostituição e tráfico de droga

 

 

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação Criminal de Loulé, ontem, dia 18 de Agosto, nas localidades de Quarteira e Vilamoura, deteve três pessoas com idades ente os 55 e os 57 anos, por práticas ligadas ao lenocínio, tráfico de estupefacientes e evasão fiscal.

No âmbito de uma investigação que decorria há seis meses, os militares apuraram que num estabelecimento de diversão nocturna, registado como hospedaria e bar, decorriam outras actividades ilícitas, como o lenocínio, isto é, o incentivo à prostituição, a evasão fiscal por não registarem todos os serviços prestados e o tráfico de estupefacientes. Foi dado cumprimento a um mandado de busca em estabelecimento e a três mandados de busca domiciliária que culminaram na apreensão de diverso material, destacando-se:

· Duas armas de fogo;

· 285 munições de diversos calibres;

· Três aerossóis de gás pimenta;

· 33 doses de haxixe;

· 28 doses de cocaína;

· Quatro computadores;

· Cinco telemóveis;

· Um tablet;

· 4.996 euros em numerário;

· 180 libras em numerário (moeda do Reino Unido);

· 260 preservativos;

· Diverso material relacionado com práticas sexuais.

Das 38 pessoas identificadas, entre clientes e funcionários do estabelecimento, três delas foram-no por permanência ilegal em território nacional.

Os detidos serão presentes no Departamento de Investigação e Acção Penal de Loulé durante o dia de hoje, 19 de Agosto.

Esta operação contou com a colaboração do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção, do Destacamento de Intervenção de Faro, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e da Autoridade Tributária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.