Quer ir a Idanha-a-Nova? Compre o Idanha-a-Nova Passport (C/Som e Fotos)

 

 

Idanha-a-Nova apresentou, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), um novo projecto que visa promover a região, intitulado Idanha-a-Nova Passport.

No final do evento em que contou com uma demonstração desgustação de muitos produtos tradicionais, o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, em declarações ao Infocul disse que ter acesso a este passaporte é fácil, “é comprá-lo, custa 10 euros. O próprio livro é o passaporte, um passaporte com uma dimensão muito significativa, uma imagem muito bonita. Só o passaporte vale os 10 euros mas é também um convite a visitar seis locais e tudo o que está associado ao território, desde eventos, a gastronomia, hotelaria, é um passaporte para conhecer”.

Quando instado a revelar os destaques programáticos do município na vertente de eventos disse que “no dia 22 vai já ser feito o primeiro concerto da Orquestra sem Fronteiras, uma orquestra do maestro Martim Sousa Tavares, que escolheu Idanha para ser sua sede e que reúne músicos de Portugal e Espanha, regiões transfronteiriças para fazer um trabalho musical, para ar oportunidades a jovens músicos, para desta forma conseguirem também ter uma oportunidade na música”, antes de acrescentar “o Festival Internacional de Músicas Antigas, um festival reconhecido pela Europa como um festival de qualidade, este ano há um conjunto de eventos dos quais destacamos a Feira Raiana, uma feira organizada em conjunto entre Portugal e Espanha com um ano a acontecer em Espanha e outro em Portugal, e desta forma temos conseguido ter um verdadeiro trabalho de cooperação transfronteiriça. A Feira Raiana que este ano tem a vantagem de ser patrocinada pela FAO e o Director Geral da FAO Nações Unidas vai vir abrir a feira dedicada à agro ecologia, à alimentação sustentável, ao desenvolvimento sustentável, à agricultura familiar. Este vai ser o nosso grande evento. Vai decorrer também o 1º Congresso Internacional das Bio-Regiões, um conjunto de personalidades do mundo que vão vir até Idanha para falar destas temáticas”.

Ao adquirir o Idanha-a-Nova Passport obtém acesso aos seguintes espaços: Núcleo Museológico do Azeite/Lagares de Proença-a-Velha, Idanha-a-Velha (AHP), Castelo de Monsanto (AHP), Penha Garcia, Centro de Biodiversidade de segura: Parque Natural do Tejo/Tajo Internacional e Centro Cultural Raiano.

 

 

Texto e Entrevista: Rui Lavrador
Fotografias: Arlindo Homem

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.