Rainha das Flores estreia hoje: Conheça a personagem de Cristina Homem de Mello

Na nova novela da SIC Cristina Homem de Mello será Rute Barros. Depois de “Santa Bárbara” a actriz integra o elenco de “Rainha das Flores”.

Estou muito entusiasmada. Ela é pintora. É uma coisa completamente diferente de mim. Os graffitis são algo totalmente ausente de mim. Vou trabalhar com o João Arrais. São pessoas mais novas que vão puxar por mim e eu por eles“, conta Cristina Homem de Mello.

 

 

Na novela é a matriarca da família Barros. É casada com Fialho Barros ( António Fonseca), mãe de Marcelo ( Marco Delgado) e César ( Gonçalo Diniz) e avó do principiante Bruno Lagrange. Ao longo da novela vai descobrir que foi traída pelo marido com a Piedade ( Marina Mota). A partir dai vai se tornar determinada e explorar a sua sexualidade de uma outra forma. Vai assumir o controlo da sua vida.

 

 

Para Cristina não lhe importa as audiências: “a mim o que interessa é acordar de manhã e vir entusiasmada para dar tudo o que tenho enquanto actriz e pessoa. Não vou ser melhor actriz se as audiências forem melhores“, diz.

 

 

Pensava que tinha uma vida segura mas tudo mudou. Para se manter dá aulas de pintura em casa. Um dos seus alunos vai ser o jovem talentoso Rafael. Através dele vai conhecer mais a fundo a street art. É dona de um corpo que faz inveja a muitas mulheres de 40 anos e Rui ( Ricardo Carriço) vai saber aproveitar dele.

 

 

Cristina Homem de Mello acha que a novela tem inúmeros pontos de interesse: “acho que tem variadíssimos. O autor resumiu muito bem e por isso tem inúmeros pontos por onde se pegue. As questões dos afectos. Quando perdemos a memória, será que o afecto fica lá?… Já não conhecemos as pessoas, perdemos todo o afecto por elas. Será que nos podemos voltar a apaixonar pela pessoa?… A minha personagem tem dois filhos. Será que gosto mais de um do que do outro? … Será que uma mãe pode escolher de quem mais gosta? … Tenho um casamento de 30 anos, mas será que esse casamento dura? …  Esta é uma novela de afectos e desafectos. Aborda a maneira como vivemos os afectos hoje em dia“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.