Em 2013, o matador de touros José Luís Gonçalves sofreu trágico acidente aquando das gravações da primeira edição do programa Dança com as Estrelas, na TVI.

Um acidente que deixou o toureiro em risco de vida. Entre os concorrentes dessa edição estava a fadista Raquel Tavares que ontem , 3 de Fevereiro de 2019, foi convidada da edição a decorrer actualmente do mesmo programa da estação de Queluz.

No dia 28 de Julho de 2013, nós, eu, tu [Rita Pereira] e todos os outros concorrentes, dançarinos, produção, toda a make up, todas as pessoas envolvidas naquela noite fomos de um brilhantismo, de um brio, de um profissionalismo e de uma força que eu não encontrei em muitos lugares”, disse, ontem, Raquel Tavares visivelmente emocionada.

A fadista acrescentou ainda “o Edgar é um parceiro para a minha vida. Ele aceitou vir, aqui, hoje. Eu liguei-lhe antes de ligar a qualquer pessoa a dizer ‘Aceitas vir comigo fazer o que eu pretendo?’ e ele, independentemente de poder ser pai a qualquer hora, disse ‘Claro que sim, claro que eu vou’. Então é assim: nós estamos aqui com o maior intuito de todos, nós viemos homenagear um homem que nós tivemos o enorme prazer de conhecer e que é um enorme exemplo de força, coragem, resiliência. Um homem que já desafiou a vida mais do que uma vez, com uma força que é quase milagrosa, aos olhos da ciência“.

Deixou ainda uma mensagem directamente ao toureiro: “Para ti, que eu sei que é possível que me estejas a ver, eu e o Edgar viemos aqui hoje dançar este Pasodoble para te dizer que nunca, mas mesmo nunca ao logo destes quase seis anos, te esquecemos, que vives na nossa memória, no nosso coração e na nossa alma, que tens sido um exemplo para a nossa vida. Estava na altura de te lembrar, meu querido José Luís Gonçalves“.

 

 

Texto: Rui Lavrador
Fotografia: DR
Vídeo: TouroeOuro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.