Raquel Tavares sobre Golpe de Sorte: “Não quero ser actriz, nem nunca tive ambição nenhuma”

Raquel Tavares foi entrevista, ontem, por Júlia Pinheiro, na SIC.

Uma entrevista na qual Raquel Tavares abordou as mudanças na sua vida: o afastamento da música e os novos projectos ligados à apresentação e representação.

Tenho mesmo muita sorte. O último ano foi muito tumultuoso, nada me fazia prever que depois da decisão que tomei que me acontecesse isto. E isto é um conjunto de pessoas que se esforçam todos os dias para que eu esteja feliz, segura, confortável, alheia ao que é menos bom e o João é definitivamente uma dessas pessoas”, disse, com vários elogios a João Baião.

Não quero ser actriz, nem nunca tive ambição nenhuma. Fiz algum teatro, mas não tenho qualquer formação. Não tem essa ambição. Adoro o facto de não estar confortável, de não dominar isto, de ainda ter coisas para aprender“, acrescentou sobre a participação na série Golpe de Sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.