Rede Portalegre Free-wifi alargada ao Estádio Eduardo Sousa Lima, ao Parque de Feiras e Exposições e outros locais da cidade

A Câmara Municipal de Portalegre informa que já se encontra concluído e em pleno funcionamento o projecto wifi4eu, ampliando desta forma a rede wifi gratuita da cidade de Portalegre (Portalegre Free-wifi), ao Estádio Eduardo Sousa Lima, ao Parque de Feiras e Exposições e zonas envolventes, reforçando também a rede na zona do Estádio Municipal de Portalegre.

A rede Portalegre Free-wifi, que criou zonas de acesso gratuito (hotspots wi-fi) à internet em vários locais públicos distribuídos pela cidade, permitindo a disponibilização de acesso a visitantes e moradores, está já disponível, desde o final de 2018, nos seguintes locais:

– Câmara Municipal de Portalegre

– Mercado Municipal

– Praça da República | CAEP | Casa Museu José Régio

– Largo da Sé | Museu Municipal

– Largo do Café Vitória | Biblioteca Municipal

– Largo Frederico Laranjo

– Largo António José Lourinho

– Castelo

– Igreja da Misericórdia | Conservatório

– Museu da Tapeçaria de Portalegre – Guy Fino

– Jardim da Avenida da Liberdade

– Largo Serpa Pinto

– Estádio Municipal

Apostada em qualificar e valorizar o concelho como destino turístico diferenciado, a disponibilização de internet livre no Centro Histórico e Espaços Públicos, a Câmara Municipal de Portalegre considera que este será um contributo adicional para melhorar a experiência de turistas e visitantes, por exemplo através da disponibilização de conteúdos informativos, de acesso rápido e simples, que permitam planear melhor os roteiros e aproveitar melhor todos os recursos existentes.

A Câmara Municipal de Portalegre tem vindo a sedimentar a sua estratégia de desenvolvimento turístico, com particular enfoque para a valorização e qualificação do património material e imaterial, móvel e imóvel, e da implementação de projetos que estimulem, por um lado o sentido de “bem-estar”, felicidade da descoberta e por outro lado induzam a vontade de regressar ao concelho.

A criação de redes Wi-Fi de elevada disponibilidade vai ao encontro das necessidades do nosso quotidiano e melhorará, inquestionavelmente, a experiência dos turistas, e simultaneamente, quando associada a serviços dedicados, poderá constituir-se numa ferramenta fundamental de gestão e monitorização dos fluxos turísticos.

O alargamento da rede Portalegre Free-wifi foi financiado pelo programa wifi4eu, da União Europeia, com comparticipação a 100%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.