Reguengos de Monsaraz: Combate à sazonalidade “é de facto uma das nossas grandes apostas com esta programação intensa”

 

 

O município de Reguengos de Monsaraz apresentou hoje a sua agenda de eventos para 2019, na Bolsa de Turismo de Lisboa, com apresentação a cargo do vereador Jorge Nunes e ainda com intervenções do Chef Hélio Loureiro, consultor para as semanas gastronómicas, e de João Cavaleiro Ferreira, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

No final da apresentação e em entrevista ao Infocul, Jorge Nunes disse que conseguir uma programação tão abrangente “é possível com muito trabalho, uma agenda que é eclética e muito abrangente, para vários tipos de público, vários tipos de sensibilidade, que liga os nossos produtos endógenos e a nossa agricultura às actividades culturais em que muitas vezes é o próprio património que lhes serve de palco. Não fazemos eventos por fazer, fazemos eventos que deixam mais valia no território. Essa é a nossa forma de estar e pensar a programação do município, porque só assim faz sentido o investimento público neste sector, criando mais valia na comunidade. Mas de facto é uma agenda rica e muito abrangente, para todos os gostos e sectores”.

Relativamente ao combate à sazonalidade, disse que “é de facto uma das nossas grandes apostas com esta programação intensa, uma programação intensa que não significa que seja mais cara do que as outras, requer um maior jogo de cintura, uma maior pesquisa, um trabalho mais intenso nesta área para podermos fazer isto porque os recursos são parcos como qualquer município do interior como nós, mas é com criatividade que tentamos combater a sazonalidade. Os eventos são um bom meio no combate à sazonalidade, mais propriamente o Reguengos à Mesa é muito direccionado para os restaurantes, para a promoção dos restaurantes, para convidar o público nacional e não só a ir aos nossos restaurantes provar a nossa gastronomia que é um dos ex-libris do território e portanto deve ser promovido e nada melhor do que uma série de semanas gastronómicas temáticas, aproveitando o melhor que nós temos nesses temas ligados à gastronomia para combater a sazonalidade. Mas não serve só o Reguengos à Mesa, o Reguengos à Mesa tem de ser encadeado noutros eventos que temos também de menor dimensão e alguns que ocorrem no verão e ajudam no combate à sazonalidade nos meses de inverno”.

O vereador confirmou ainda alguns nomes para os cartazes dos certames apresentados, “Azúcar Moreno e Fernando Daniel nas Festas de Santo António, prefiro não revelar mais ainda porque os programas não estão fechados, mas esses são nomes do Santo António. Na ExpoReg haverá também algumas novidades, portanto acreditamos que vamos ter um bom ano de eventos em Reguengos de Monsaraz” e acrescentou que no “Reguengos Wine & Blues os cabeças de cartaz são The Animals”.

Apresentamos de seguida alguns dos destaques a acontecer em Reguengos de Monsaraz:

Reguengos à Mesa:

Semana do Porco- 22 a 31 de Março, com 21 restaurantes aderentes;
Sabores do Lago- 4 a 13 de Outubro;
Semana Gastronómica da Caça- 1 a 9 de Novembro no âmbito do Festival Ibérico do Javali em São Marcos do Campo de 1 a 3 de Novembro.

Eventos desportivos:

Sharish Monsaraz Nature Trail– 24 de Março, com mais de 1550 participantes já inscritos;

Moonlight Enduro Sharish Gin– 7 de Abril;

Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal– 24 a 26 de Maio;

Maratona BTT Piranhas do Alqueva– 2 de Junho.

Festa Ibérica da Olaria e do Barro– 23 a 26 de Maio em São Pedro do Corval.

Festas de Santo António– 12 a 16 de Junho.

Festa do Cante nas Terras do Grande Lago– 20 a 27 de Julho em Monsaraz.

ExpoReg– de 14 a 18 de Agosto em Reguengos de Monsaraz onde estará inserido o Regunegos Wine & Blues a 14 e 15 de Agosto.

Outubro Mês da Música– 12, 19 e 25 com concertos a anunciar.

Presépio de Rua, em Monsaraz– 7 de Dezembro e 6 de Janeiro.

 

 

Texto e Entrevista: Rui Lavrador
Fotografia: Hugo Calado/O Digital.pt

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6262 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.