RTP apresentou as novidades para os canais televisivos e também para a rádio

rtp

 

A RTP apresentou a sua nova grelha de programas. O mês de Setembro marca o início de uma nova rentrée televisiva marcada por inúmeras estreias. A televisão estatal traz o melhor da ficção nacional para o horário nobre, reforça as manhãs da rádio com uma dupla humorística de peso e estreia uma rádio online dedicada aos mais novos. A aposta na ficção, no humor e no entretenimento são os três pilares que sustentam a grelha de programação apresentada.

 

 

A apresentação da nova grelha de programação da RTP aconteceu nos estúdios da Avenida Marechal Gomes da Costa e contou com a presença de inúmeras caras conhecidas como Júlio Isidro, Sílvia Alberto ou Herman José que vai ter um talk-show às quartas-feiras.

 

 

Todos os envolvidos nos conteúdos que vão estrear estiveram presentes no cocktail que decorreu no Museu da RTP. Foi entre recordações de grandes figuras que fizeram os 60 anos da televisão pública, como foi o caso de Fernando Pessa, que foi apresentada a estratégia da direção de programas, esta tomou posse no ano passado, para a temporada televisiva de 2016/2017.

 

 

Este é um trabalho que começou há ano e meio. Mas chegámos e pensámos em mudar o perfil da programação do horário nobre. Tínhamos ainda bastantes dezenas de episódios de Beirais para emitir e achámos que era muito importante emiti-los até ao fim, até Março deste ano. A partir de Março começámos a por em prática a nossa ficção. Este é o momento mais estratégico. Temos quatro séries para emitir de terça a sexta-feira, já que a segunda há Prós e Contras. Às 22:00 temos as novas séries“, diz Daniel Deusdado, director de programas da RTP, sobre a aposta feita em séries portuguesas para o horário nobre.

 

 

Os apresentadores deste evento foram Pedro Fernandes ( que actualmente esta a apresentar o “Big Picture”) e Filomena Cautela ( que apresentou o “Cinco Para a Meia-Noite”, formato que vai voltar a ser transmitido semanalmente). Foi com uma plateia cheia que o director de programas, Daniel Deusdado, falou um pouco sobre cada um dos conteúdos.

 

 

As séries são transmitidas de terça a sexta-feira porque as noites de segunda-feira são dedicadas ao “Prós e Contras”. O maior debate da televisão portuguesa, conduzido por Fátima Campos Ferreira, é transmitido às 22:00 e promete colocar os portugueses a reflectir sobre os assuntos mais acutilantes da realidade nacional.

 

 

A RTP volta a marcar a ficção nacional transmitido 4 séries, sobre os mais variados temas, no prime-time a partir das 22:00.

 

 

A RTP sempre teve muita ficção. Há um canal de informação específico, a RTP 3, e eu creio que com ficção nós vamos conseguir manter e ir contando a história de Portugal, aquilo que é importante para a RTP“, conta Daniel Deusdado. Em 2017 a RTP vai estrear uma telenovela portuguesa para o horário do almoço.

 

 

A primeira das séries é transmitida à terça-feira. “Mulheres Assim” conta a história de Maria do Carmo que era uma actriz consagrada que aos 30 anos perdeu o filho. Deixou a profissão e o futuro mas este chegou na mesma. Agora tem 40 anos e duas hipóteses: desistir ou continuar. Ao longo de 20 episódios vamos seguir a história de Maria do Carmo e algumas das mulheres da vida dela. Joana Seixas, Maria João Falcão e João Reis estão à frente deste grande elenco.

 

 

As noites de quarta-feira trazem a comédia política “Os Boys”. Durante treze episódios vai-se falar sobre os assessores dos gabinetes ministeriais e da oposição e da conveniência destes com interesses económicos e políticos menos claros. Filipe Duarte será o Assessor e António Fonseca, o Ministro.

 

 

“Dentro” é uma série de treze episódios que nos conta a história de Pedro, um jovem psicólogo, que vai trabalhar para a maior cadeia feminina do país. Neste local estão mulheres dos mais diversos extratos sociais. A entrada do psicólogo vai provocar um alvoroço na cadeia. Vera Kolodzig é a protagonista.

 

 

A última estreia é “Miúdo Graúdo”. Esta série emite nas noites de sexta-feira e tem Pedro Caeiro e Henrique Mello a interpretar uma mesma personagem mas com uma diferença de 20 anos. Miguel,um menino de 11 anos sonhador e ambicioso, constrói uma máquina do tempo e consegue trazer para o presente um Miguel 20 anos mais velho. Mas aquele que parecia ser o nomento mais feliz da sua vida acaba por ser o pior quando descobre que não conseguiu fazer tudo aquilo que queria.

 

 

Bruno Nogueira e João Quadros trazem um humor submersivo e sempre acutilante com “Mata Bicho”. A dupla volta às rádios, desta vez às manhãs das Antenas 1 às 09:00 e na Antena 3 às 08:30 com repetição às 18:20.

 

 

Quem também vai se juntar à equipa da manhã da rádio é Inês Lopes Gonçalves que em conjunto com Ana Markl e Luís Oliveira vão acordar os portugueses.

 

 

Fernando Alvim também vai ter um programa. Actualmente podemos ver o apresentador na RTP Memória nos programas “Trás Para a Frente” e “Retroescavadora”, onde vai até “ao fundo do baú” e relembra acontecimentos curiosos.

 

 

A rádio Zig-Zag é uma app que traz o melhor do programa de televisão para as ondas hertezianas através do site da RTP.

 

 

Já há seis anos que havia a ideia de lançar um canal para o publico infantil. A matriz da RTP é atingir todos os públicos e no âmbito da rádio o público infantil não está presente. O objectivo é contemplar algo que não está contemplado hoje no âmbito dos públicos da rádio e em termos de serviço público, o público infantil é o público do limite de amanhã. A ideia básica é esta“, conta Jorge Alexandre Lopes, Programador musical e gestão de conteúdos online, sobre a criação da rádio Zigt-Zag que promete levar a uma viagem ao mundo dos sons para ouvir,imaginar e descobrir. Esta rádio é feita de crianças e para crianças dos 5 aos 9 anos.

 

Serão mais de 70 conteúdos diferentes e muita música, desde os pop D. A. M.A ou refrões das letras dos Coldplay.

 

 

Podem encontrar de tudo. A música é o embalo mas as músicas também são especiais. Depois há parcerias com o Pavilhão do Conhecimento com ciência divertida. Os conteúdos têm todos um a dois minutos no máximo, sobretudo aqueles de conhecimento. É para dar um close de conhecimento. Se tiver 10 minutos já os adultos não ouvem, muito menos as crianças. Há dinossauros com o Museu Nacional de História Natural e Ciência, há botânica também com o Jardim Botânico“, estes são alguns dos conteúdos que vão estar presentes na rádio Zig-Zag, como explica a responsável pela Coordenação editorial, Iolanda Ferreira.

 

 

A rádio Zig-Zag estará disponível a partir de 19 de Setembro.

 

 

Para miúdos e graúdos em “Peanuts” Charlie Brown e os amigos estreia nas tardes da RTP 2 para deixar um sorriso no rosto das crianças e respectivas famílias.

 

 

Falando em Zig-Zag, a banda mais divertida da RTP 2 já está em estúdio a gravar o novo álbum e “Canção de dormir” promete ser um sucesso ao relembrar o “Boa noite Vitinho” ou a “Canção dos Patinhos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.