A Câmara Municipal de Alcácer do Sal praticou, em 2016 e em 2017, o preço mais baixo de abastecimento de água para consumo doméstico por 120m3/ano, por Município. Os dados constam do estudo “Água e Saneamento em Portugal – O Mercado e os Preços”, elaborado pela Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA) e publicado em Novembro último.

 

Segundo este estudo, e numa análise por NUT e Município, num total de 25 entidades gestoras de abastecimento de água de 23 concelhos do Alentejo, Alcácer do Sal praticou em 2016 o preço mais baixo de fornecimento de água por 120m3/ano, cifrando-se na ordem dos 44,28 euros/ano. Alcácer tornou a liderar a tabela dos preços mais reduzidos neste âmbito em 2017, com 46,32 euros/ano. Os valores mais elevados cobrados pela água fornecida aos consumidores ocorreram em Grândola (157,45 euros/ano), Beja (147,20 euros/anos) e Odemira (105,14 euros/ano).

 

Este trabalho, realizado e editado pela ADPA bienalmente, trata a caracterização das entidades gestoras, a tipificação dos tarifários e a recolha e tratamento dos preços da água e saneamento em Portugal, de modo a proporcionar uma leitura evolutiva do Sector da Água no país, sendo que Alcácer do Sal apresenta, neste mais recente estudo, resultados bastante positivos para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.