Santuário de Fátima: Primeira peregrinação com a presença de peregrinos é já em Junho!

Centenário da escultura de Nossa Senhora de Fátima assinalado na primeira peregrinação internacional aniversária do ano com a presença de peregrinos.

Peregrinação de junho celebra a segunda aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos e será presidida por D. Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa.

 

A escultura de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, que se venera na Capelinha das Aparições, vai estar mais próxima dos peregrinos, quando na tarde do dia 13 de Junho, a seguir às celebrações da peregrinação internacional aniversária, for deslocada por umas horas para a exposição “Vestida de Branco”.

A Imagem irá estar na exposição comemorativa que evoca o seu centenário e juntar-se-à, no núcleo V da referida exposição às oito esculturas de Nossa Senhora de Fátima criadas por variados autores eruditos que interpretaram as descrições dos videntes e seguiram de forma mais próxima ou mais distante o modelo inicial criado em 1920 e que completa agora 100 anos.

A Imagem poderá ser contemplada de perto entre as 14h30 e as 20h00, no Convivium de Santo Agostinho, com entrada pelo lado norte da Galilé e saída pelo lado sul. Todo o percurso da exposição deve ser cumprido mantendo as regras de distanciamento social e uso obrigatório de máscara, devendo os peregrinos visitantes seguir as indicações das equipas de acolhimento no local.

escultura, que se tornou um dos ícones marianos mais conhecidos e replicados em todo o mundo, foi encomendada em 1919 por um devoto de Torres Novas, Gilberto Fernandes dos Santos, à Casa Fânzeres, de Braga.

Obra do santeiro José Ferreira Thedim, inspirada numa imagem de Nossa Senhora da Lapa, venerada em Ponte de Lima, a Imagem foi modelada e executada conforme o relato das videntes, tal como lhe foi transmitido pelo cónego Manuel Formigão.

Com 1,04 metros de altura, a escultura foi produzida em cedro do Brasil, ficando a cargo da Casa Teixeira Fânzeres, de Braga, a aplicação de policromia e de dourados.

A Imagem foi benzida em 13 de maio de 1920 pelo pároco de Fátima, padre Manuel Marques Ferreira, na Igreja Paroquial, tendo sido levada para a Capelinha das Aparições apenas um mês depois, porque na altura as manifestações religiosas estavam proibidas pelo Regime Republicano.

Durante a noite, a Imagem era recolhida pela zeladora Maria Carreira – conhecida por Maria da Capelinha –, razão pela qual escapou incólume ao atentado de 6 de março de 1922, que destruiu parcialmente a Capelinha.

Desde maio de 1982, com a renovação da Capelinha das Aparições a tempo da primeira visita de João Paulo II, a Imagem assenta no exterior da Capelinha numa peanha que assinala o local exato onde se encontrava a azinheira (entretanto desaparecida por ação dos devotos) sobre a qual Nossa Senhora apareceu aos três Pastorinhos.

Esta Imagem habitualmente sai da Capelinha nos dias 15 de agosto e 8 de dezembro bem como na noite dos dias 12 e nos dias 13 das grandes peregrinações internacionais aniversárias, de maio a outubro. 

Programa da Peregrinação de Junho

O centenário da chegada da Imagem à Cova da Iria será celebrado na peregrinação internacional aniversária de junho, que é presidida por D. Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa.

Natural da Diocese do Porto, D. Américo Aguiar nasceu a 12 de dezembro de 1973 e foi ordenado sacerdote em 2001; é presidente da Irmandade dos Clérigos desde 2011 e, desde 2016, presidente das empresas do Grupo Renascença Multimédia, tendo sido diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais. É atualmente o coordenador do Comité local organizador da Jornada Mundial da Juventude, que se realizará em Lisboa, no verão de 2023.

O programa da peregrinação internacional aniversária, a primeira do ano com peregrinos na Cova da Iria, depois do confinamento provocado pela pandemia resultante da covid-19, começa às 21h30 do dia 12 de junho, com o Rosário internacional na Capelinha das Aparições, seguido de Procissão das Velas e Celebração no Altar do Recinto de Oração. No dia 13 de junho, o Rosário internacional terá lugar às 09h00, na Capelinha das Aparições seguido de missa, bênção dos doentes e procissão do Adeus.

A peregrinação internacional aniversária de junho é a segunda do ano pastoral, que está a ser vivido em Fátima sob o tema «Tempo de graça e misericórdia: dar graças por viver em Deus», e assinala a segunda Aparição de Nossa Senhora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.