SEF deteve estrangeira ilegal, na posse de documento falso, no Carregado

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve ontem, na zona do Carregado, uma cidadã estrangeira por uso de falsificação de documento e ainda por permanência irregular no País. A cidadã em causa, de 30 anos, terá utilizado um documento falso (Cartão de Residência de familiar de cidadão da União Europeia) como documento comprovativo da sua situação documental em Portugal no sentido de exercer função laboral numa empresa no Ribatejo.

A detida foi presente ao Tribunal Judicial de Alenquer para interrogatório judicial e consequente aplicação de medidas de coação, tendo-lhe sido determinada a obrigação de apresentações periódicas.

A investigação do SEF prossegue, conforme delegação de competências em sede de inquérito do Ministério Público no SEF.

Também na semana que passou, o SEF deteve um cidadão estrangeiro, de 46 anos, alvo de mandado de detenção para cumprimento da pena de prisão de 100 dias, na sequência de condenação pela prática de crime praticado em 2016.

O cidadão foi intercetado no decorrer do pedido renovação de autorização de residência efetuado no balcão de atendimento do SEF na Loja do Cidadão de Faro.

Em cumprimento do mandado de detenção e condução, emitido pelo Tribunal Judicial da Comarca de Setúbal, o cidadão foi conduzido e entregue pelo SEF no Estabelecimento Prisional de Olhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.