Será criado um Centro de marcha e corrida em Matosinhos e Leça da Palmeira

matosinhos-leca-da-palmeira

 

A autarquia de Matosinhos-Leça da Pelmeira, liderada por Pedro Sousa, em conjunto com a Federação Portuguesa de Atletismo, o Instituto Português do Desporto e da Juventude e a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, vão criar um centro de marcha e corrida nos locais. O projecto com modelo pioneiro também vai dinamizar a economia local.

 

 

Em reunião com os responsáveis pelo projecto, Serafim Gadelho (coordenador regional do norte do Programa Nacional de Marcha e Corrida da Federação Portuguesa de Atletismo) e Inácio Anjos (do Instituto Português do Desporto e da Juventude), o autarca Pedro Sousa assumiu o compromisso de “promover a dinamização do comércio local com a criação deste centro de marcha e corrida”.

 

 

Para o autarca Pedro Sousa este “centro distingue-se dos demais pelo conjunto de serviços que disponibilizará, além do acompanhamento técnico, como o nutricionismo, a fisioterapia, a enfermagem, o apoio médico e a psicologia do desporto”.

 

 

Os objectivos deste Centro de Corrida e Marcha (CMC) e criar hábitos saudáveis na população, dar apoio técnico qualificado para quem queira praticar desporto ou libertar o stress das pessoas.

 

 

Segundo fonte da junta de freguesia, “cada atleta terá um cartão que lhe dará descontos no comércio local no âmbito da nossa estratégica de promoção e valorização da economia local”.

 

 

A primeira actividade do CMC vai acontecer enquadrada nas comemorações do 25 de Abril e centra-se na vocação marítima de Matosinhos e Leça da Palmeira ao mesmo tempo que se explorará o património cultural e histórico que a freguesia tem. Para as acções futuras do centro de marcha e corrida estão planeados quatro percursos, dois em cada território, de “marcha” e de “corrida” englobando períodos de aquecimento, caminhada, trabalho de força e alongamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.