Setúbal: Detectadas 137 infracções em fiscalização ao campismo e caravanismo

O Comando Territorial de Setúbal, hoje, dia 26 de Agosto, levou a cabo uma operação com o objectivo de fiscalizar a prática de campismo e caravanismo em situação irregular, na orla costeira do distrito de Setúbal.

Da fiscalização realizada pela GNR, foi detectado o seguinte:

· 92 infracções pela prática de realização de acampamento ocasional sem licença;

· 23 infracções ao Código da Estrada;

· 12 infracções por circulação e estacionamento de veículos em zona de praia, dunas e arribas.

· Dez infracções à legislação que regula o acesso, a ocupação e a utilização das praias de banhos, no contexto da pandemia da doença COVID-19, para a época balnear de 2020;

Foram ainda apreendidas quatro armas brancas e 24 gramas de liamba.

O campismo e caravanismo selvagem são um problema identificado, que constitui um factor de destruição de habitats, alguns deles protegidos. Além disso, representam uma ocupação ilegal, da qual resulta uma degradação dos locais utilizados, por deposição descontrolada de resíduos. Por outro lado, no âmbito do actual contexto da pandemia da doença COVID-19, é fundamental o cumprimento das regras relativas à circulação nos acessos à praia, evitando-se o cruzamento de pessoas, às instalações balneares e à ocupação do areal, de forma a respeitar o distanciamento físico recomendado.

Foram empenhados militares dos Destacamentos Territoriais de Almada, Setúbal, Grândola, Santiago do Cacém e dos Destacamentos de Trânsito e Intervenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.