Setúbal: Detectadas 21 infracções em fiscalização de operadores de gestão de resíduos

O Comando Territorial de Setúbal, através da Secção de Protecção da Natureza e Ambiente (SEPNA) de Setúbal, ontem, dia 30 de Julho, detectou 21 infracções no decorrer de uma operação de fiscalização em operadores de gestão de resíduos, nos concelhos de Barreiro, Almada, Seixal, Moita, Montijo e Santiago do Cacém.

No decorrer da operação foram detectadas 21 infracções, onde se destacam:

· Seis por os veículos em fim de vida não terem sido entregues num centro de receção ou num operador de desmantelamento autorizado;

· Duas por falta de alvará da câmara municipal;

· Duas por exercício de atividade sem licenciamento;

· Uma por falta de livro de reclamações;

· Uma por rejeição de águas residuais;

· Uma por depósito de óleos no chão;

· Uma por falta de submissão do mapa integrado de registo de resíduos;

· Uma por incumprimento do dever de assegurar a gestão de resíduos.

Para além das infrações foi apreendido material em metal.

A operação contou com o empenhamento dos militares dos Núcleos de Proteção Ambiental (NPA) e dos Núcleos de Investigação Criminal (NIC) de Almada, Grândola, Montijo, Palmela, Santiago do Cacém e Setúbal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.