choco_frito_032

 

Receitas tradicionais do choco e outras surpreendentes são servidas em restaurantes de Setúbal a partir deste fim de semana num certame gastronómico que inclui uma sessão de cozinha ao vivo no último dia, 6 de novembro, na Casa da Baía.

 

 

 

Frito, grelhado com ou sem tinta e feijoada. Estas são apenas algumas das formas como o molusco é apresentado na carta dos vinte restaurantes da cidade que integram o Festival do Choco de Setúbal 2016, promovido pela Câmara Municipal.

 

 

A quinzena gastronómica começou este sábado, 22 de Outubro, em estabelecimentos como Antóniu’s, Baluarte da Avenida, Cantinho dos Petiscos, Casa do Mar, Convés, Copa d´Ouro, Estuário do Sado, Ferribote, Mar Azul, Novo 10 e Tasca Kefish.

 

 

Fazem também parte da iniciativa os restaurantes O Manuel, Rebarca, Verde e Branco, Ribeirinha do Sado, Rius Vip, Saveiro, Solar do Marques II, Taberna Típica O Pescador e Tasca Xico da Cana.

 

 

No último dia do certame, 6 de novembro, o Chef Fernando Cruz, do restaurante Solar do Marquês, dinamiza o live cooking “Choco Bom Não Sobra”, na Casa da Baía, com a confeção de receitas criativas, degustadas depois pelo público.

 

 

Os interessados em participar nesta sessão de cozinha ao vivo, com um custo de seis euros, devem inscrever-se até ao 3 de novembro, presencialmente na Casa da Baía, pelo telefone 265 545 010 ou no endereço gatur@mun-setubal.pt.

 

 

O Festival do Choco de Setúbal, com o apoio das empresas Lallemand e Makro, é um dos eventos gastronómicos dinamizados pela autarquia ao longo do ano com o objetivo de promover os produtos da região e de apoiar a dinamização da restauração local.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6432 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.