SIC: Conheça os primeiros casais de ‘O Noivo é que sabe’

Estreou este domingo, o novo programa da SIC ‘O Noivo é que Sabe’. No primeiro programa foram apresentados os primeiros três casais: Lourenço e Maria, Octávio e Susana e Fábio e Ana.
Neste programa os casais estão completamente apaixonados e têm o sonho de casar, recebem 12500 euros para concretizarem o seu sonho. Podem agora casar com tudo pago! Há uma única condição: será o noivo a organizar tudo, em apenas dez dias!

Assim que o casal mergulha nesta aventura, são separados e cada um ficará sem ver a sua cara metade até ao grande encontro no altar. O noivo terá de produzir tudo o que acreditar ser o casamento de sonho de ambos, o casamento de sonho da noiva ou – se preferir – o seu próprio casamento de sonho! Acompanhado pelo padrinho, melhor amigo, mãe, pai, irmão (cada um terá o seu o seu núcleo duro, essencial para o programa e que o acompanhará sempre) o noivo irá ao longo deste período produzir sozinho tudo o que conseguir para um dia que se quer mágico.

A noiva não estará sozinha: vamos saber tudo o que idealiza e deixá-la sonhar! Com as amigas, madrinhas, família (o seu núcleo duro) visitará tudo o que faz parte dos seus sonhos: quintas, vestidos, caterings, animações, etc. Portugal inteiro saberá ao detalhe quais os desejos da noiva… menos o noivo!

A apresentadora, Cláudia Vieira, saltitará entre os sonhos da noiva (irá acompanhá-la nas ações principais) e entre as produções do noivo (aquilo que realmente irá acontecer no grande dia). Saberá melhor que ninguém o quão ao lado o noivo pode estar… mas a prova dos nove é ao décimo dia: quando começar o grande dia, num casamento onde o noivo é que sabe!

Conheça os casais de ‘O Noivo é que Sabe’

Lourenço e Maria
Ela quer um casamento tradicional, mas ele é “maluco” e tem outras ideias em mente!
O Lourenço e a Maria conheceram-se através de tios do Lourenço. Ela começou a frequentar eventos organizados por ele. Um dia a Maria “inventou” que se esqueceu de um cabo de telemóvel num dos eventos que ele organizou e pediu o número dele aos tios. Começaram a falar e, sem que ela esperasse, ele beijou-a. Começaram logo a namorar. Na época, ele estava a competir no mundial de jet ski e a Maria viajou com ele pelo mundo. Voltaram da viagem “grávidos” da Benedita – juram que ela foi feita em Ibiza. Estão juntos há seis anos e têm dois filhos (Benedita, 5 anos e Vicente 1 ano e pouco).

Compraram uma casa móvel (casa pré-fabricada) e vivem há um ano numa propriedade da família que tem um lago privado – são quase oito hectares e criam patos, galinhas, cães e um pónei. Neste espaço em Santo Estevão, criaram um negócio de desportos náuticos que ainda não está aberto ao público (aguardam licença). A filha Benedita já anda de mota de cross, faz wakeboard, anda a cavalo, “toda a gente acha um piadão porque ela acha que é adulta”. As famílias dos dois vivem em Lisboa. Os dois irmãos mais novos do Lourenço vão casar este ano – um em Agosto o outro em Novembro.

Ficaram noivos em 2017, o Lourenço fez o pedido na Disneyland em Paris, no castelo das princesas, por sugestão da Benedita. Ela cobra muito o casamento, quer casar, diz que o pedido vai perder a validade. Parece que há sempre um outro projeto e o casamento fica para segundo plano.

Ela queria uma coisa tradicional, vestido de princesa, uma quinta. Mas acha difícil que o Lourenço faça algo assim porque ele é maluco. Ele quer fazer no lago onde vivem, quer que ela chegue de uma maneira diferente ao casamento e fazer algo que seja a cara deles.

 

Octávio e Susana
Antes de conhecer o Octávio, Susana dizia que não queria mais nenhum homem na sua vida, quanto mais casar novamente. Será que se vai arrepender?
O noivo é carpinteiro e é um homem muito sensível e romântico. Manda mensagens à noiva 24h por dia – faz questão de estar sempre a demonstrar o amor que sente por ela. É muito ciumento, e chegou mesmo a apagar todos os contatos que Susana tinha de homens.

A noiva é proprietária de uma confeitaria e é uma mulher independente. Acha que o noivo é muito “melga”, e que se ganhasse um euro por cada mensagem que o Octávio lhe manda, estava muito bem na vida.

O Octávio é um bom homem, e muito independente no que toca à lida de casa. Só não sabe passar a ferro. De resto faz tudo. Susana sente que tem um bom homem ao seu lado.

Conheceram-se nas redes sociais, há cerca de ano e meio. Na altura o Octávio estava emigrado em França, e Susana na Rebordosa. Apesar da Susana ter demorado a responder à primeira mensagem de Octávio, assim que começaram a falar, nunca mais pararam. Tanto foi, que passados dois meses de conversa, através de mensagens, a Susana foi ter com ele a França. Correu tão bem, que regressou passado pouco tempo, e foi neste segundo encontro que Octávio decidiu pedir a Susana em casamento. Ficou à espera dela no aeroporto, e escreveu num quadro de ardósia: “Susana sei que é cedo, mas queres casar comigo? Sim? Não?”. Susana ainda hesitou, mas acabou por aceitar o pedido.

Apesar de terem os dois vontade de casar, para o Octávio é mais importante, do que para a Susana. Antes de conhecer o Octávio, Susana dizia que não queria mais nenhum homem na sua vida, quanto mais casar novamente. Juntos gostam de praia, ver filmes e almoçar ou jantar fora. A noiva gosta muito de comer, e o noivo também. São um casal de gente simples, campónios, alegres, destrambelhados, desbocados, e que gostam de se divertir.

 

Fábio e Ana
Vivem juntos há muito tempo mas têm opiniões diferentes sobre todos os assuntos, principalmente sobre o casamento!
O Fábio e a Ana Rita vivem juntos há muitos anos, mas isso não significa que concordem em tudo, antes pelo contrário, têm opiniões diferentes sobre todos os assuntos, principalmente o casamento.

São um casal que já se divertiu muito,mas que tem estado mais fechado desde que o filho nasceu e não tem sido fácil a adaptação ao novo ritmo apesar de andarem encantados com o Tomás. Têm ainda peixinhos e duas cadelitas.

O Fábio acha-se esperto, está farto de servir comida em casamentos e tem a certeza que não casará da forma tradicional porque nesses casamentos, o noivo nunca se diverte.

O Fábio quer um casamento em grande, um dia bem divertido, um arraial medieval num qualquer monte alentejano, em que se divirta muito com os amigos e haja um porco a assar no espeto. Sem porco, não há casamento.

Em 2015, ele resolveu pedi-la em casamento na esplanada do costume, enquanto bebiam café e comiam pastel de natal à beira do Sado… Fez o pedido com um anel de pechisbeque que encomendou na internet e que na verdade nunca serviu bem a Ana.

Aliás, chegou a servir, quando ela engravidou e ficou “gorda nos dedos” – diz ele, mas depois disso… desapareceu o anel para sempre. Quando a Ana deu entrada no hospital para dar à luz o Tomás, entregou os pertences, com a aliança, ao Fábio, tudo bem arrumado num saquinho que nunca mais foi visto. Ele conta que vinha tão eufórico que não faz ideia do que aconteceu ao saco ou onde é que ele se evaporou. Chegou a casa e festejoucom a garrafa de tinto que lá estava, e no dia seguinte, não encontrou o saco. Ainda hoje garante à Ana que o saquinho está lá por casa, só têm que procurar bem.

Ana adora o Fábio, mas acha que ele é despistado e mais depressa lhe confia a educação do filho do que os preparativos do casamento, tem a certeza que vai ficar tudo ao lado do que ela quer.

One thought on “SIC: Conheça os primeiros casais de ‘O Noivo é que sabe’

  • Avatar

    PIROSOS, PIROSOS. Só falta musica Pimba.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.