A história de amor que mudou Portugal. Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro apaixonaram-se irremediavelmente e decidiram assumir o seu amor num Portugal em plena reconstrução, abalando as convenções nacionais.

 

Snu (Inês Castel-Branco), dinamarquesa e fundadora da editora D. Quixote, publicou livros que desafiaram a censura do Estado Novo. Francisco (Pedro Almendra) foi um dos mais carismáticos políticos portugueses. Ambos eram casados. Ele tinha cinco filhos e ela três. Snu Abecassis conheceu Francisco Sá Carneiro no dia 6 de janeiro de 1976. Apaixonaram-se irremediavelmente e decidiram assumir o amor num Portugal em plena reconstrução das cinzas do fascismo, abalando as convenções nacionais. Partilharam valores e ambições, lutaram juntos pela democracia e pela liberdade, deixando a sua marca na Política e na Sociedade. Morreram tragicamente em 1980 e a sua história de amor mudou Portugal.

 

Uma das grandes histórias de amor do século XX marcada por sonhos, alegrias e sofrimento, agora retratada num filme que inclui o percurso profissional de ambos na década de 70. “Snu” estreia na próxima segunda-feira, dia 21, às 22:30 na RTP1.

 

Título Original: Snu

Intérpretes: Inês Castel-Branco, Pedro Almendra, Inês Rosado, Simon Frankel, Rodrigo Tomás, Maria João Pinho, Nádia Santos, Joana Lopes, Sónia Lisboa, Mafalda Lencastre, Ana Nave, José Leite, Afonso Lagarto, Pedro Frias, Eric da Silva, João Vicente, Ana Vilela da Costa, Beatriz Leonardo, Miguel Damião, João Reis e Adriano Carvalho

Realização: Patrícia Sequeira

Produção: Sky Dreams

Argumento: Cláudia Clemente e Patrícia Sequeira

Uma ideia de projeto de: José Francisco Gandarez

Música: Surma

2019, 94 minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.