32547587211_ceb2f9bcdd_k

 

Toli César Machado é o responsável pelo tema “My Paradise”, que será interpretado por David Gomes na segunda semifinal do Festival da Canção de 2017, que será emitida no dia 26 de Fevereiro no horário nobre da RTP.

 

 

O convite surgiu por parte de um dos consultores que é o Henrique Amaro, uma pessoa por quem eu tenho muita confiança, que fez muito pela música portuguesa e também aceitei o convite por ter sido feito por ele e também o formato ser diferente e ter estes compositores todos“, diz Toli César Machado sobre ter sido convidado para a edição de 2017 do formato. Depois de um hiato de um ano, a última vencedora foi Leonor Andrade em 2015, o festival deste ano traz algumas mudanças e novos compositores como é o caso de Rita Redshoes, João Só ou Márcia.

 

 

Toli César Machado é um dos maiores nomes do rock e pop em português tendo em 1981 formado o Grupo Novo Rock, mais conhecido por GNR. Para além do trabalho desenvolvido no grupo, foi o compositor do álbum de Manuela Moura Guedes e instrumentista num dos álbuns de António Variações.

 

 

Falaram-me e eu pensei logo em alguém e fiz uma prospecção logo com este intérprete que está comigo, o David. Ouvi-o na televisão, achei piada e compus logo a pensar nele“, conta o compositor sobre a escolha do nome para interpretar o tema “My Paradise”, que recaiu sobre David Gomes que foi concorrente da última edição do “The Voice Portugal”.

 

 

Para além de compor para outros artistas, Toli César Machado já compôs bandas sonoras para novelas e telefilmes, como foi o caso de “Amo-te Teresa”, onde ganhou um Globo de Ouro em 2000.

 

 

É uma coisa alegre, uma coisa diferente do que costumo fazer. Uma coisa jovem em inglês, é uma novidade para mim como compositor. Convidei a Joana Duarte para fazer a letra em inglês. Acho que a música tem a ver com o inglês. Fazia todo o sentido“, conta Toli César Machado sobre a música que os portugueses poderão ouvir no Festival da Canção. A letrista do tema “My Paradise” é Joana Duarte, da banda “The Happy Mess”.

 

 

“My Paradise” e “Don’t Walk Away” serão os dois temas em inglês. Ambos poderão ser ouvidos na segunda semifinal do Festival da Canção que pode ser visto no dia 26 de Fevereiro na RTP.

 

 

Eu acho que é mais difícil leva-la mas se estiver lá é mais fácil ter uma pontuação melhor. Cá, com estas semifinais é mais arriscado. Há sempre um grande preconceito mas esse é um risco que vamos ter que correr“, diz o compositor sobre ter escrito uma música em inglês, algo que não é muito habitual no Festival da Canção.

 

 

Em 51 anos, muitos foram os nomes que passaram pelo Festival da Canção que fazia parar o país e reunia famílias inteiras em frente dos televisores Pará verem as votações das diferentes delegações regionais.

 

 

Foi muito importante para mim enquanto era miúdo, também não havia grande coisa na televisão, não havia grande concorrência mas gostava“, conta o fundador dos GNR sobre a sua ligação ao Festival da Canção. 

 

 

Simone de Oliveira, as Doce, Sara Tavares, Lúcia Moniz ou Paulo de Carvalho foram alguns dos nomes que participaram no Festival RTP da Canção.

 

 

Nenhum me inspirou mas se me perguntar canções que ficaram é o Paulo de Carvalho. Para mim essa é a canção do festival, E Depois do Adeus. Tem depois essa conotação política mas não é por isso. Acho fantástica“, diz sobre Paulo de Carvalho, uma das vozes que destaca da longa tradição do Festival da Canção.

 

 

A final do Festival da Canção 2017 será o ponto alto das comemorações dos 60 anos da RTP. A grande final acontecerá no Coliseu dos Recreios e será apresentada por Catarina Furtado e Sílvia Alberto.

 

 

Não digo que tenha que ser todos os anos assim mas acho que este formato vai funcionar muito bem. Tenho a certeza que vamos ter aqui coisas muito boa“, diz o compositor de “My Paradise”. Este tema pode ser visto na segunda semifinal do Festival da Canção no dia 26 de Fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.