Torreão Nascente, no Torreiro do Paço, está a afundar-se (C/Vídeo)

D.R.

O site Duas Linhas, com base num vídeo, dá hoje destaque ao desnível existente no Torreão Poente do Terreiro do Paço.

Informa este site que “são quase 75 cm de diferença. A descida drástica foi travada há anos por 29 estacas de betão. Mas o Torreão vai continuar a descer lentamente“.

É ainda destacado que “desde o início dos registos, o torreão já se afundou 1,40 metros. Em Junho de 2000, o torreão acelerou repentinamente o afundamento por causa de uma ruptura nas paredes do túnel do metropolitano e da estação do Terreiro do Paço, durante as obras de construção. Ocorreu nessa altura um enorme vácuo quando as lamas e as águas entraram no túnel. A derrocada esteve eminente“.

O torreão foi edificado num vale fóssil, de camadas de lodos cobertas por aterros superficiais. São camadas compressíveis e provocam um afundamento constante como resultado do próprio peso do torreão“, acrescenta a notícia.

Dezenas de estacas de pinho verde estão nas suas fundações, mas acrescentaram-se 29 estacas de betão de 1,20 de diâmetro até 50 metros de profundidade, por debaixo do edifício“, remata a notícia.

Deixamos ainda o vídeo que sustenta a notícia.